Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

PASSAPORTE PARA A NOVA TERRA

Sempre que viajamos para um local fora do nosso País, nossa primeira preocupação é a de estarmos com o nosso passaporte emitido e válido. Sem ele não poderíamos desembarcar no destino desejado.

Nós estamos em viagem para uma Nova Terra e vamos necessitar do passaporte válido e do visto de entrada nesse planeta renovado.

Já entramos na nova era, a era do despertamento do espírito. A terra já completou o estágio do "homem bruto", escravo dos instintos e habitante das cavernas, adepto das guerras de destruição de povos e nações.

Os milênios vividos fez surgir o "homem social", esse que compreende e respeita os direitos de todos os povos, independentemente, das raças, religiões e traços culturais e demarcações políticas. Enfim, está reconhecido o direito a cada pessoa de existir e de exercer a sua liberdade.  

Fizemos, como humanidade, um grande avanço.

O novo status da humanidade terrestre decorrerá da conscientização da sua realidade espiritual, virtude que sempre existiu, mas que nunca passou para o nível consciente dos indivíduos. Poderíamos denomina-lo, por comparação, como o "O Homem Espiritual".

Até as trevas impostas pelas religiões, como forma de dominação das mentes, estão sendo desbaratadas pela Luz Divina. 

As novas Revelações Espirituais chegaram para destruir os mistérios, os misticismos e os dogmatismos criados e impostos, pelos próprios homens. 

Essa mesma Luz de amor removeu as condenações eternas e os seres  eternamente devotados ao mal.

Isso é muito bom porque a Nova Terra não significa o surgimento de um novo planeta. Significa surgir uma nova raça humana que compreenderá o seu status de "ser espiritual", consciente de sua missão de evoluir pela prática do bem e pela aquisição dos conhecimentos e  das virtudes.

Renovada será a "raça humana" da Terra e essa transição já começou.

As crianças que agora nascem já trazem intuída na consciência, essa nova realidade. Através delas está iniciado o melhoramento do Planeta. 

Qualquer criança, hoje, tem mais noção da vida no Planeta que a maioria dos adultos que andam por aqui. Também, sobre a vida espiritual, a toda hora somos surpreendidos com afirmações infantis de muita sabedoria e alcance. São crianças que contestam e questionam pensamentos antigos.

Não sentiremos essa transição porque ela se dará por renovação e não por revolução. Todo renascimento se dá pelos critérios da evolução já alcançada pelo espírito e do estágio do mundo que o receberá.

A humanidade renasce em realidades compatíveis com essa evolução alcançada e, nessa realidade, seremos atraídos para planetas com estágio equivalente à realidade de nossa antiga "Terra", no caso de que não tenhamos atingido o estágio compatível com a nova realidade vibratória da Nova Terra. 

Isso não representa punição, visto que renasceremos nos locais compatíveis com o aprendizado e as provas que ainda precisamos realizar. 

Nessa questão de adequação, tudo visa à evolução do ser que caminha para Deus e para a felicidade plena.

Então..., o nosso passaporte e "visto" de entrada como futuros habitantes da Nova Terra, será, exatamente, a nossa evolução e sintonia com as realidades espirituais desse novo ambiente terrestre. 

Amor, perdão, caridade e toda a prática do bem são os meios e requisitos para a obtenção desses requisitos de nova cidadania Terrestre. 

Essas práticas independem das crenças e seitas religiosas vigentes por aqui. Religião é só uma forma de reunir pessoas com o mesmo interesse no que concerne ao entendimento espiritual. 

Nenhuma será requisito essencial para habitar a Nova Terra.

Reforma íntima, sim.


.-.-.-.-.-.-.-.