Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

ESTRUTURA

Palavras de Luz: ESTRUTURA:
http://luzdepalavras.blogspot.com.br/2013/10/estrutura.html


"Eleja a meditação diária como fonte de energia que o equilibrará.

Não se permita adquirir sintomas estranhos como queixas, adesão a gula, conversa fútil e outros. 

Não se permita adquirir sintomas estranhos como queixas, adesão a gula, conversa fútil e outros. 

O ser humano tem metas e prazo para cumpri-las.

Diariamente inúmeros irmãos retornam para cá mais endividados do que antes. 

O descaso é problema sério e recorrente. 

Acredita-se de forma ingênua que a vida corresponde a uma única existência e que dela se deva usufruir os prazeres que a ilusão tão bem sabe oferecer-lhes.

Questão de ponto de vista distorcido. 

Momento de transição pede estudo coerente com a realidade do ser imortal.
 
Amigos da Boa Nova"


.-.-.-.-.-.-.-.

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

ANJOS DE DEUS

Em nossa eternidade, alternamos momentos vividos na condição natural de Espíritos e na condição de seres dotados de um corpo físico, capazes de atuar em meios de matéria densa, como são a Terra e outros planetas.

Na condição de Espíritos, vivendo em meios não materiais, utilizamos um corpo mais permanente que chamamos de perispírito, ou mais comumente, de corpo espiritual.

O corpo físico é constituído de matéria colhida no ambiente onde o espírito vai atuar, em nova jornada de estudo e progresso. É um corpo provisório, apenas uma roupagem para o Espírito. Ao cessar a sua necessidade ou estando esse envoltório impróprio para uso, despir-se-á o Espírito dessa vestimenta e retomará o uso exclusivo do seu corpo espiritual, que lhe é quase permanente. O corpo material cumpriu a sua finalidade e retornará: "O pó volta ao pó, de onde foi tirado".

Esse corpo físico que, muitas vezes, referimos como "eu/nós", deve ser designado como "meu/nosso", pois ele pertence ao espírito que o habita. Ele é extremamente limitante para o Espírito, cuja natureza, por origem, é a de ser livre como vento e rápido como a luz, para efeitos de sua locomoção e, ainda, desconhece barreiras físicas que limitem seus movimentos. André Luís nos relata que o corpo físico, como morada do espírito, é comparável ao uso, pelo homem, de um pesado escafandro de mergulho, o qual, sabemos, limita sobremaneira a locomoção de quem o utiliza, no fundo do mar, para trabalho ou lazer. 

O corpo espiritual - perispírito - é constituído de matéria "não física" - num estado que ainda desconhecemos - cuja realidade só é palpável no plano astral. Esse corpo também não será permanente para o Espírito. Ele é o veículo do Espírito enquanto transita em suas alternadas etapas de vida física e espiritual, ou seja, enquanto sujeito às reencarnações e aprendizado. É o perispírito que atrai os elementos indispensáveis para a formação do corpo físico.

Mesmo esse corpo espiritual está em constante evolução em sua pureza e, por isso, leva consigo o estágio vibratório que já alcançado, consoante o progresso moral. Esse grau vibratório é o passaporte para a morada nos planos espirituais, cujo ingresso e permanência são condicionados ao estado vibratório - grau de pureza - já alcançado pelo Espírito.

O corpo espiritual estará obsoleto quando o Espírito alcançar um tal grau de pureza que lhe permita manifestar-se como "Luz ou Pensamento". Então, já sem máculas ou restrições mentais de qualquer espécie, será integrado na Comunidade dos Espíritos Puros, os que estão próximos da realidade de Deus.

Já nenhum corpo ou identidade individual serão necessários, salvo que, para o ingresso-retorno nas esferas espirituais de menor teor vibratório ou para retorno aos mundos físicos que ainda precisam dessas caracterizações, para a compreensão dos que ali estagiam. Nesse último caso, o Espírito que retorna é um Emissário de Deus, enviado para promover o progresso da humanidade.

Os homens - hoje aprendizes do amor e do perdão - tornar-se-ão anjos de Deus, não por milagre da criação, mas pelo próprio esforço, sob a orientação de Jesus, o nosso Amado Mestre!

Louvado seja Deus!



.-.-.-.-.-.-.-.


terça-feira, 29 de outubro de 2013

REALIDADE INDIVIDUAL

Somos semente, sementeira, somos a planta, somos as flores, somos os frutos. Somos o lavrador que planta e o que colhe os próprios frutos.

Somos tudo. Somos completos e capazes.

Estamos no comando da nossa existência!

Não existe acaso para a vida. Não existe acaso para o grupo familiar. Não existe acaso para o local e as condições em que nascemos e vivemos. Mas podemos modificar a vida e as realidades que nos afetam.

Tudo é fruto de nossa vontade e de nossas escolhas. Com as ações e omissões vamos tecendo o tecido das nossas vidas. Nesse tear da vida, o fio que utilizamos para tecer chama-se livre arbítrioQuerendo ou não, conscientes ou não, estamos sempre fabricando o tecido que nos envolverá.

Para o bem ou para o mal - segundo a faixa de sintonia em que escolhemos nos situar e na qual nos movemos no Universo - sempre receberemos a ajuda externa para a realização dos nossos propósitos.

Seja um desejo de realizar um bem social ou um desejo de destruir vidas ou bens, para qualquer dessas ações encontraremos ajuda daqueles seres que se encontrarem na mesma faixa de vibração dessas realizações. Apenas, nunca poderemos dizer que fomos vítimas de alguém, quando praticamos essas ações. Receberemos, sempre, a assistência daqueles cuja sintonia provocamos ou conquistamos por simpatia.

O nosso pensar já é um campo de ação e uma oficina energética para que as ações e desejos se tornem realidade em nossa vida ou até fora dela. Os nossos pensamentos criam as energias que poderão ser apropriadas por terceiros, nelas interessadas.  As energias pesadas serão combustível para as ações dos que se dedicam ao mal.  As energias luminosas serão combustível para as belas realizações, em qualquer lugar do nosso Planeta, afetando a nossa vida física ou não.

A natureza dos nossos pensamentos atrairá as energias correspondentes e elas criarão a realidade que nos cerca. Se estamos envolvidos em energias densas, atrairemos momentos ruins e acontecimentos desagradáveis. Se estamos cercados de Luz, encontraremos alegria e felicidade para nós e para os que conosco convivem.

Quando as coisas estiverem indo de mal a pior ou caminhando de forma insatisfatória, está na hora de reequilibrarmos nossos pensamentos para modificar as energias que nos cercam. É tempo de nos voltarmos para o nosso íntimo, para a nossa essência. Precisamos atrair para a realidade física a paz que existe em nós e que, também, preenche todo o Universo. Precisamos retomar a nossa sintonia com a origem da vida.

Quem tem religião apazigue-se na sua fé e peça ajuda aos seus protetores espirituais. Quem não a tem que busque a meditação e os exercícios mentais que levam à sintonia com o todo universal.

Em qualquer caso, necessária será a reforma dos pensamentos e sentimentos. Estejam longe de nós a raiva, os ressentimentos, as mágoas e energias de insatisfação.  Afaste-mo-nos do orgulho, da vaidade, dos vícios e das paixões desenfreadas. Busquemos serenidade!

Precisamos estar no domínio das nossas vidas! 

Nossa vida é somente nossa e nossas decisões são pessoais e intransferíveis. Ninguém será culpado em nosso lugar, por nada que aconteça após os atos que praticarmos e as escolhas que fizermos.

A culpa é gradativa, segundo a origem e as circunstâncias, mas nunca será isentada, totalmente. De uma forma ou de outra, todo o débito deverá ser pago até ao "último ceitil". Entretanto, também os sentimentos de culpa não nos ajudam em nada e, por isso, devem ser banidos do nosso plano mental.

Usufruímos das condições ideais para o nosso aprendizado e evolução. O futuro consertará o presente e Deus perdoará as nossas faltas, se perdoarmos e se corrigirmos todo o mal a que tenhamos dado causa.

A vida está no presente e no futuro, nunca no passado. Portanto, a vida está sempre começando, a cada dia, a cada momento. Cada dia é dia para começar a construir um novo final, como nos ensinou o saudoso Chico Xavier.

Estamos no lugar certo, na família cerca, com os recursos que necessitamos para a vida que nos propusemos viver.

Bom dia! Bom recomeço! Bons pensamentos! 

Que colhamos dias felizes no futuro de nossas vidas!


.-.-.-.-.-.-.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

NOSSAS ESTRADAS PARA O FUTURO.

Ninguém pode viver a nossa vida por nós!!!

Amor, felicidade, alegrias, tristezas e infelicidade são os ingredientes necessários e os temperos para uma vida produtiva e de realização.  Todos esses ingredientes nós os ajuntamos nas vidas anteriores, nas eras do tempo. 

O modo de preparo é o próprio exercício do livre arbítrio. O consumo é o degustar do viver, apreciando o que tiver de melhor e resignando-nos com o gosto amargo do que for apenas remédio para os males do espírito.

A receita de vida que nos foi dada é única: equivale à prescrição de uma dieta para um determinado fim, válida, apenas, para o nosso benefício, nesta vida. Dela participam como ingredientes imprescindíveis as pessoas que devem agregar meios e sentimentos ou as que vieram receber o que tenham direito, assim como, pagar o que nos for devido.  

Ninguém entra em nossa vida por acaso. O acaso não existe.

Se temos colheitas amargas por fazer, nós e Deus sabemos o por quê.  Se, nessa etapa de vida física, não temos lembrança das razões de um sofrimento ou circunstância menos propícia que enfrentamos, isso ocorre para que aceitemos de bom grado e sem nenhuma pressão, pagar o que é devido.

Evoluir espiritualmente é uma lei da natureza, para isso fomos criados. Viver aqui na Terra é necessário para esse fim.

Ninguém é mais ou menos feliz do que merece. 

Quando se nasce na Terra, já aceitamos as condições que nos farão progredir como espíritos, nessa jornada. Não temos ideia do quanto imploramos a Deus a oportunidade de saldar nossos débitos e uma nova chance para praticar o bem.

Só os espíritos em muito baixa vibração recebem uma vida imposta, como um remédio e uma internação em hospital.

Ninguém veio aqui a passeio ou por turismo.

Temos um projeto. Temos uma missão. Temos contas para acertar.

Deus é perfeito e perfeita é a vida que Dele emana.

As condições individuais do nosso viver resultaram de nossos próprios atos e escolhas em vidas precedentes. Temos a oportunidade de construir circunstâncias maravilhosas para as etapas das nossas vidas do porvir - físicas ou espirituais.

Hoje, estamos aparando arestas e construindo as estradas do futuro, pelas quais transitaremos em nosso caminho para Deus. 

Se deixarmos buracos, cairemos neles!


.-.-.-.-.-.-.-.



segunda-feira, 21 de outubro de 2013

ANJOS AO MEU REDOR

Que bom é:

  • Saber que há anjos de Deus acampados ao meu redor! 
  • Saber que os guias espirituais se preocupam comigo e me amam!  
  • Saber que esses preciosos guardiães estão enviando Luz para preencher, com paz e amor, a minha vida, a minha casa e todos os meus ambientes de estudo, de lazer ou de trabalho!
  • Saber que estou recebendo assistência espiritual em todos os transes da minha vida!

Pois é, eu me sinto assim, completamente abençoado por Deus e por agentes do amor. Sempre haverá um emissário de Deus, ao meu lado, para me prestar auxílio, conforto e esclarecimento em todas as circunstâncias da minha vida.

Essa Graça que eu recebo, no entanto, não é uma dádiva divina outorgada somente somente a mim ou a alguns escolhidos. A Misericórdia Divina, está aberta e à disposição de todos nós, os filhos de Deus. Deus não elege privilegiados e nem pretere uns a outros.  Deus está ao lado de todos nós, mas só age na vida daqueles que o buscam, dos que se preparam para receber as Suas bênçãos. Deus não interfere no nosso livre arbítrio.

Os que não buscam a ligação espiritual fecham as portas à ajuda divina. Agindo assim, não serão punidos ou condenados, apenas não usufruirão da Graça de ter os Anjos ao seu lado, para os orientar e proteger.

Eu me sinto um privilegiado, mas não por deferência especial de Deus. Eu me torno um privilegiado ao buscar a verdade, praticar o bem e ao tentar permanecer em equilíbrio, evitando atos de desamor e os sentimentos de raiva, ressentimentos e mágoas. 

Mas, o que é fazer o bem? 

Fazer o bem é exatamente não fazer o mal.  Quando contornamos os problemas e questionamentos sem ferir ou causar danos a ninguém, já estamos fazendo o bem. Quando agimos com equidade, compreensão e solidariedade, estamos fazendo o bem.   Enfim, quando agimos de forma correta, sem pesar a ninguém, estamos fazendo o bem.

Fazer aos outros apenas o que gostaríamos que fizessem para nós, é praticar o bem.

Encaminhar boas energias para os que convivem conosco ou para aqueles de que temos notícias, que passam por situações mais difíceis, é fazer o bem.

Endereçar energias de paz e amor para a humanidade em geral e para os nossos amigos, irmãos e parentes que já partiram desse mundo físico, é fazer o bem.

Ter pensamentos construtivos para o progresso dos homens e a conservação do Planeta, em sua atmosfera física e espiritual, onde vivemos todos os seres vinculados à Terra, é fazer o bem.

Ver a todos como irmãos, é praticar o bem.

Ninguém precisa viver ajoelhado em um altar para ser bom e fazer o bem. Basta amar e perdoar aos que convivem conosco. Basta compreender a individualidade de cada um e suas dificuldades ou problemas. Cada um viaja com a bagagem espiritual que já conseguiu amealhar.

É uma delícia lavar a alma na , no AMOR e na ESPERANÇA.

Não indico nenhuma religião como essencial - TODAS AS RELIGIÕES SÃO BOAS EM SEUS PROPÓSITOS  e todas se baseiam na Fé e no amor.

Ninguém precisa trocar de religião para crescer espiritualmente.

O Espiritismo pratica a FÉ LÓGICA E RACIOCINADA. Julgo útil que todos conheçam o conteúdo da Doutrina Espírita, até por mero exercício intelectual.

Tenha Anjos de Deus "acampados" ao seu redor!


.-.-.-.-.-.-.-.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Prece por Alguém-Falecimento.

Toda prece deve ser formulada com palavras sinceras que expressem o verdadeiro sentimento subjetivo de quem ora. Por essa razão o Espiritismo não adota oferecer preces escritas, salvo as orações já consagradas como o Pai Nosso, A Prece de Cáritas, A Prece de São Francisco de Assis e algumas outras que, por sua beleza e conteúdo se tornam bem aceitas no meio Espírita.

A oração abaixo, que elaborei a pedido de um leitor do Blog, representa um roteiro para uma prece, nos moldes em que eu faria por alguém que acabou de falecer:


ORAÇÃO POR ALGUÉM QUE FALECEU

"Senhor Deus! 

Humildemente, eu coloco diante da Tua misericórdia, esta prece e os meus pensamentos em favor de ...(nome do falecido), pedindo que estendas sobre ele a Tua paz, neste momento em que pode estar confuso diante da transição que faz da vida física para a vida espiritual. 

Permita, Senhor, que os Bons Espíritos possam prestar-lhe toda a ajuda espiritual que necessite, nessa nova fase da vida em que ingressa, quando se desfazem os laços que o prendiam ao mundo físico.

Que ele possa perceber a sua nova condição e assim obter o equilíbrio que lhe permitirá usufruir da beleza da vida que prossegue, plena e verdadeira, como um dia foi criada.

Que ele receba o carinho que lhe enviam todos seus amigos e entes queridos que agora se despedem e que formulam votos de paz, harmonia e felicidade nessa nova etapa da sua vida eterna.

Que ele compreenda e aceite que não mais pertence a esta esfera física da Terra e que, por essa razão, a ela está devolvendo o corpo físico que aqui usou, por empréstimo. 

Que ...(nome) consiga libertar-se de todos os elos que possam prende-lo à realidade terrena e dificultar a sua caminhada. Que ele confie aos Teus cuidados, Senhor, os problemas e as afeições que aqui deixou e, assim, possa prosseguir livre pela senda espiritual que é, agora, a sua nova jornada. Que ele leve consigo apenas as virtudes e o amor que aqui cultivou. 

Que ele receba uma doce e terna acolhida dos amigos e parentes que o antecederam no mundo espiritual e que eles, que tanto o amaram, possam toma-lo pela mão para guiar-lhe os passos até que se reequilibre em sua nova morada.

Obrigado, Senhor, pela fé que me anima e que me motiva nessa prece em favor de ...(nome).

Que Assim Seja!"




.-.-.-.-.-.-.-.