Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

AMOR-PRÓPRIO (ORAÇÃO)






"Oração pelo amor-próprio


Hoje, Criador do Universo, nós Lhe pedimos que nos ajude a nos aceitar como somos. Sem nenhum julgamento. Ajude-nos a aceitar nossa mente do jeito que ela é, com todas as emoções, esperanças e sonhos, com nossa personalidade, nosso jeito único de ser. Ajude-nos a aceitar nosso corpo do jeito que ele é, com toda sua beleza e perfeição. Permita que o amor que sentimos por nós mesmos seja tão forte que nunca mais nos rejeitemos ou sabotemos nossa felicidade, nossa liberdade e nosso amor.

De agora em diante, permita que cada ação, cada reação, cada pensamento e cada emoção baseiem-se no amor. Ajude-nos, Criador, a aumentar o amor que sentimos por nós mesmos, até que o sonho inteiro de nossa vida transforme-se, passando do medo e do drama para o amor e a alegria. Permita que o poder de nosso amor-próprio seja bastante grande para esmagar todas as mentiras em que acreditamos porque fomos programados para acreditar, todas as mentiras que nos contam, sobre não sermos bastante bons, fortes ou inteligentes, que afirmam que não vamos conseguir fazer o que desejamos.

Permita que o poder de nosso amor-próprio seja tão grande, que não precisemos mais viver de acordo com as opiniões dos outros. Permita que confiemos em nós mesmos tão completamente, que possamos fazer as escolhas necessárias. Com nosso amor-próprio, não temos mais medo de assumir a responsabilidade por nossa vida, nem de enfrentar os problemas, quaisquer que sejam, e solucioná-los à medida que forem aparecendo. Seja o que for que desejemos alcançar, permita que alcancemos com o poder de nosso amor-próprio.

Começando hoje, ajude-nos a amar tanto a nós mesmos, que nunca criemos circunstâncias que nos sejam adversas. Podemos viver a vida sendo nós mesmos, sem fingir que somos diferentes, apenas para que as outras pessoas nos aceitem ou nos digam que somos ótimos, porque sabemos o que somos. Com o poder de nosso amor-próprio, permita-nos gostar do que vemos cada vez que nos olhamos no espelho. Permita que haja um grande sorriso em nosso rosto, realçando nossa beleza exterior e interior. Ajude-nos a sentir um amor tão intenso por nós mesmos, que sempre apreciemos nossa própria companhia.

Permita que amemos a nós mesmos sem julgamentos, porque quando nos julgamos nos culpamos e sentimos a necessidade de sermos punidos, perdendo de vista Seu amor. Fortaleça neste momento a vontade que temos de nos perdoar. Limpe nossa mente do veneno emocional e dos julgamentos, de maneira que possamos viver em amor e paz.

Permita que nosso amor-próprio seja o poder que modifique o sonho de nossa vida. Permita que, com esse novo poder no coração, o poder do amor-próprio, transformemos cada um de nossos relacionamentos, a começar pelo relacionamento que temos com nós mesmos. Ajude-nos a nos libertarmos de todos os conflitos que temos com os outros. Permita que sejamos felizes por compartilhar nosso tempo com nossos entes queridos e que possamos perdoá-los por qualquer injustiça que achamos que cometeram contra nós. Ajude-nos a amar a nós mesmos tão profundamente, que possamos perdoar a qualquer pessoa que nos tenha ferido.

Dê-nos coragem para amar nossa família e nossos amigos incondicionalmente, e para mudar nossos relacionamentos de maneira mais positiva e amorosa. Ajude-nos a criar novos canais de comunicação em nossos relacionamentos, de modo que não haja guerra pelo comando, que não haja vencedor e vencido. Permita que juntos trabalhemos como uma equipe pelo amor, pela alegria, pela harmonia.

Que o relacionamento que temos com nossos familiares e amigos seja baseado no respeito e na alegria, de maneira que não mais tenhamos a necessidade de dizer-lhes o que devem pensar e como devem ser. Que nosso relacionamento amoroso seja maravilhoso. Que possamos sentir alegria cada vez que nos doarmos ao nosso parceiro. Ajude-nos a aceitar os outros do jeito que eles são, sem julgá-los, porque quando os rejeitamos estamos rejeitando a nós mesmos. E quando rejeitamos a nós mesmos, rejeitamos Você.

Hoje é um novo começo. Ajude-nos a reiniciar nossa vida hoje, com o poder do amor-próprio. Ajude-nos a apreciar o fato de estarmos vivos, a apreciar nossos relacionamentos, a explorar a vida, a assumir riscos e a não mais ter medo do amor. Permita-nos abrir nosso coração para o amor que é nosso direito, desde que nascemos. Ajude-nos a nos tornarmos Mestres da Gratidão, da Generosidade e do Amor, de modo que possamos nos alegrar em todas as Suas criações, hoje e para sempre."





Fonte: Texto do Facebook - Casa de Preto Velho.







.-.-.-.-.-.-.-.

domingo, 29 de dezembro de 2013

planejamento divino - Jaguar

Agradeço a oportunidade de reproduzir aqui o excelente texto, abaixo, extraído do Blog Exílio do Jaguar www.exiliodojaguar.com.br :


"TEXTO NOVO - Ministro Anavo - Outubro de 2013

terça-feira, 22 de outubro de 2013


"Meu filho Jaguar,
Salve Deus!

Em nossas jornadas kármicas os caminhos dos espíritos se entrelaçam cumprindo inevitavelmente o Planejamento Divino.

Muitos pensam que Deus nos pune, nos envia as cobranças de nossas falhas do passado, quando na verdade sempre nos está proporcionando a feliz oportunidade do reajuste por Amor.

Não precisamos nos render aos nossos tristes sentimentos de orgulho e vaidade, a lição nos ensina que é possível perdoar sempre, e sempre é possível obter o perdão.

É preciso primeiramente perdoar a si mesmo! Entender que o passado não é algo material, palpável e que pode ser “consertado”. O passado coexiste e é reconstruído por nossas ações em um mundo espiritual onde as razões se encontram. Não se conserta o passado, escrevemos a cada minuto que passa um novo passado, que projetará a energia do futuro.

Somente nossa consciência liberta é que pode dar a certeza que precisamos na hora de pedir perdão! Somente nossa mente consciente é que poderá perdoar sempre!

Devemos encontrar a equação que determina nosso valor espiritual, onde o perdão é a variável permanentemente presente.

Entenda que o Planejamento Divino espera sempre que os reajustes aconteçam pelo Amor, e que a dor proveniente dos reencontros kármicos, é sempre uma escolha.

Não há mais tempo para escolher o sofrimento e alimentar os ciclos kármicos! O Planeta Terra alcança o momento de sua evolução, deixando a expiação e seguindo para a Redenção. Por isso os karmas são acelerados, por isso os reajustes acontecem com tanta frequência! Não temos mais tempo para lamentar, é tempo de amar e semear um novo futuro a ser colhido rapidamente, permitindo a felicidade nesta vida ainda!

A felicidade não é um estado material, é um sentimento espiritual da grata satisfação do espírito a caminho de Deus!

Não pensem que os grandes missionários sofrem. Por mais difícil que sejam suas encarnações, eles escolhem não sofrer pelas intempéries da própria missão, e refletem no olhar a “paz dos que escolheram perdoar e amar”.

A vida material ainda possui um grande peso e afeta nossa jornada espiritual, por isso o Pai permite que os caminhos materiais possam se abrir a aqueles que descobrem o segredo de moldar o próprio futuro, equacionando de maneira justa o equilíbrio do perdão pessoal, do desejo de tranquilidade e a disposição ao trabalho.

As ilusões passam, os sonhos permanecem! Mantenha vivo seu desejo de servir com amor, de perdoar sempre. Projete um futuro feliz em que não sofra pelas intempéries de seus karmas, apenas sorria para o reajuste que se apresenta como feliz oportunidade de reequilibrar com Amor... Sempre!"


.-.-.-.-.-.-.-.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

SEGUIDORES DE JESUS

Muita gente tem pavor do Espiritismo. Fogem de trocar ideias com adeptos do Espiritismo e os associam, erradamente, com a prática de feitiçarias, adivinhações, magia negra. 

Até os evangélicos que pregam, de porta em porta, evitam abordar as casas de pessoas espíritas. Vê-se que os crentes "Testemunhas de Jeová", campeões das abordagens públicas, retiram-se, apressadamente, quando descobrem que abordaram casa com moradores Espíritas. A simples menção de ser seguidor espírita é suficiente para demove-los do propósito de ali pregar o evangelho, da forma como o entendem.

Essa verdadeira ojeriza aos Espíritas vem, certamente, do fato de que eles consideram os Espíritas como agentes ou coadjuvantes de Satanás. Eles temem o diabo e dele fogem, diante da simples possibilidade de um contato indireto, mesmo tendo a Bíblia debaixo do braço.

Nós, os Espíritas, não admitimos a existência de Satanás, como um ser ou entidade dedicado eternamente ao mal.

Não aceitamos que Deus haja criado alguém dedicado, exclusivamente, à prática do mal. Sendo Deus onisciente, Ele saberia que estaria criando um ser que se tornaria adepto do mal e que, pior ainda, arrastaria consigo, para a maldição, quase a totalidade da humanidade. Criá-lo e dar-lhe poderes tão amplos, teria sido um trabalho equivocado do Criador. Preferimos aceitar um Deus infalível e bom.

Os Espíritas têm ciência de há o bem e o mal. Sabem, também, que há seres que praticam o mal, no entanto, sabem que esses são "filhos de Deus" que estão, momentânea e equivocadamente, dedicando-se à prática do mal. Nós os mencionamos como "espíritos das trevas" não por serem oriundo das trevas, mas por se acharem afeitos às trevas, envoltos no próprio mal que praticam.

É missão do Espiritismo, também, sempre que possível, resgatar esses "espíritos do mal" para que retifiquem o seu procedimento e retomem a sua caminhada para a Luz, onde também os aguarda um futuro de amor e felicidade, após o devido resgate de todo o mal que praticaram.

Reafirmarmos que os espíritas são seguidores de Cristo, com igual ou maior fé que qualquer religioso cristão: católico ou evangélico.

Todos os que convivem com pessoas espíritas podem atestar que elas são referência como pessoas honestas, tranquilas e prestativas, nos seus ambientes sociais.  São mesmo procuradas pelos que têm problemas para delas receberem uma palavra de ajuda e de esclarecimento.

Sabemos que uma verdadeira "lavagem cerebral" é feita por certos religiosos empenhados em criar falsas realidades e imputar aos espíritas o desejo de desviar as pessoas para a prática do mal. Afirmam que a prática do amor e da caridade, por parte dos espíritas, constitui pura artimanha de satanás para enganar e atrair os incautos. Nesse ponto, agem como aqueles que acusaram Jesus de "expulsar demônios" em nome de Belzebu.

Os espíritas não são feiticeiros e nem bruxos. Não praticam rituais e nem sacrificam animais. Não são leitores da sorte e nem predizem o futuro.

Os Espíritas são pessoas que estão empenhadas na própria reforma íntima e elevação espiritual, ao tempo em que cumprem, aqui o resgate dos seus erros do passado.

Somos os novos seguidores de Jesus!


.-.-.-.-.-.-.-.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Viajando e Colecionando.

Estamos viajando, muitas vezes, distraídos. E nem estou falando dessa viagem que faz a nossa Terra - uma esfera solta no espaço - ao redor do Sol, seguindo o caminho da Via Láctea, uma verdadeira viagem fantástica.

Mesmo sem perceber, vamos viajando e cumprindo jornadas, nas nossas muitas vidas, independentemente da nossa maior ou menor percepção da razão e do objetivo das nossas existências terrestres.

Mesmo que sem a correta compreensão do fato e da finalidade de estarmos aqui, estamos cumprindo uma programação divina. A alma sabe, perfeitamente, da sua necessidade de praticar o bem e conquistar as virtudes que produzem a sua elevação espiritual.

Toda noite, ela se desprende do corpo e retorna ao plano astral, onde se refaz da fadiga de estar contida num corpo físico e, nele, limitada em seus movimentos e ações. Também, nessa liberdade provisória, ela busca os seus interesses e, assim, tem a oportunidade de renovar os seus propósitos trazidos para a presente etapa de vida física. 

Cessado o descanso do corpo e a vigília noturna da alma, ela retorna ao corpo e, de novo, esquece as coisas já vividas e as que lhe estão programadas. Isso ocorre para que nada possa condicionar-lhe o livre arbítrio de agir como bem entender. Cada escolha deve ser totalmente livre.

O certo é que, nesse viver, consciente lá e sem lembranças aqui, vamos colecionando erros e acertos e, também, sendo por eles condicionados para a vida atual e futura. A esse propósito, cito o texto abaixo, que nos ensina, com clareza, que somos o "todo" resultado de nossos atos, pensamentos e ações:


"A COLEÇÃO
Por Jennifer Farley
05 de dezembro de 2013

Você é uma coleção de suas experiências: as belas, trágicas, adoráveis e horrendas.

Seu VERDADEIRO ser brilha quando você percebe que você não é a soma, mas o todo, delas.



Ninguém é totalmente mau e nem completamente bom. O bem e o mal convivem em nós, cada lado procurando mais influenciar as nossas ações. Nós somos esse "todo" que resulta das nossas escolhas e que constitui a nossa verdade espiritual.   

Essa bagagem espiritual será a identidade vibratória que seguirá sempre conosco quando deixarmos o meio físico onde estamos.  Essa identidade vibratória nos atrairá para as regiões espirituais compatíveis com a nossa realidade.  Ninguém será julgado ou punido mas, apenas, atraído para regiões felizes ou infelizes, conforme o estado vibratório que daqui levarmos para o plano astral.

O melhor da história é que estamos livres para promover uma boa identidade vibratória, aqui e agora. Dela dependerá a possibilidade de vivermos  num clima de alegria e felicidade, no prosseguimento da nossa vida única - eterna - aqui ou nas regiões celestiais.



.-.-.-.-.-.-.-.