Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

sexta-feira, 31 de maio de 2013

A ÁRVORE DA VIDA


Nós vivemos em Deus e quanto mais estivermos ligados a essa Fonte da Vida, mais receberemos em vitalidade física e vitalidade espiritual. Certos estaremos em "buscar primeiramente as coisas de Deus" na certeza de que as outras coisas nos serão acrescentadas. 

Somos como folhas de uma grande árvore. Se quisermos viver plenamente, temos que buscar a "seiva da vida", a energia que vem das raízes que nos sustentam desde a nossa origem - DeusO que nos compete fazer é viver, criando a nossa realidade, e expandindo vida e felicidade ao nosso redor, isto é, sendo úteis a todos de nossa comunidade.

Deus não nos quer ajoelhados rezando ou praticando ritos sagrados o tempo todo. Estamos aqui para viver e progredir, interagindo com o nosso próximo em suas alegrias e suas necessidades. Faceando com o mal e sabendo discernir o conveniente do inconveniente. Construindo o progresso social. Amando e perdoando.

A vida é nossa. O livre-arbítrio é nosso. Agir bem ou não é opção nossa. Também é nossa a obrigação de aprender e evoluir, assim como é nossa a obrigação de resgatar os nossos débitos pelos erros e enganos cometidos.


Estamos a caminho de vidas melhores e mais felizes, benesses   que fruiremos após cumprirmos os resgates de nossos débitos sobre este Planeta. Compreendamos que, se estamos num local de penas e expiação, claro e certamente, que temos débitos por solver. Essa compreensão deve ser a nossa bússola para seguirmos no caminho certo quando nos assaltarem as dores e sofrimentos, durante a caminhada.

Chico Xavier nos exortava que devemos bendizer os que nos causam mal e as dores que sofremos. É através deles que estamos quitando as nossas dívidas pretéritas. De Jesus também veio a orientação clara "Orai pelos vossos inimigos e por aqueles que vos causam mal".

O Espiritismo é uma Doutrina assentada no amor e no perdão, fundamentos que nos deixou Jesus como propósito e moldura dos Seus ensinamentos.


JESUS : AMOR E PERDÃO :: CARIDADE : JESUS




.-.-.-.-.-.-.-.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

SALVE DEUS!

Salve Deus! Louvado seja Deus! Louvado seja N.S.Jesus Cristo! Para sempre seja louvado!

Essas expressões de saudação e de louvor cabem em todos os cultos e ritos religiosos. Elas expressam a fé e a reverência diante de Deus e de nosso Mestre Jesus.

Mas, iniciei nossa conversa com essas três expressões de saudação e louvor para dizer que, apesar de serem expressões comuns em todas as igrejas e cultos, elas têm um significado especial nos trabalhos e cultos do Templo do Eusébio - VALE DO AMANHECER, aqui no Ceará.

Como visitante - consulente - sempre compareço àquele Templo para buscar energias de amor, de paz e de equilíbrio para a minha vida e para a vida dos meus familiares. Ali sou recebido, sempre, por todos com a saudação "Salve Deus", adotada como praxe de cumprimentos no interior do Templo. Acho isso muito bonito e reverente a Deus.  

Também, todos os trabalhos e aconselhamentos são iniciados e entremeados com as expressões Louvado Seja Deus e Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Essas expressões são assim ditas e repetidas como uma espécie de mantra durante todos os trabalhos. Todos os Espíritos chegados para o trabalho espiritual também assim se expressam, numa forma de harmonizar o ambiente e canalizar as boas energias espirituais necessárias.

Durante as duas ou três horas que ali permaneço, como consulente, acho que essas expressões, se somadas, seria ditas alguns milhares de vezes, sempre com reverência  e fé.

Ali são ajudadas centenas de pessoas como eu e, quem sabe, centenas ou milhares de espíritos sem Luz que ali encontram uma porta aberta por Jesus, para escaparem das trevas e do sofrimento, encaminhados que são para comunidades de cura e equilíbrio, onde iniciarão novo aprendizado sobre as Leis Espirituais.

Ali só se fala de amor e cura. Nenhuma palavra é dita sobre ofertas, dízimos ou contribuições de qualquer espécie que, aliás, são proibidas aos que não pertencem ao corpo mediúnico.

O que mais me fascina é a reverência durante os trabalhos, pouco se vê de conversas dispersas não referentes aos motivos religiosos. Até os dirigentes são discretos nas suas atuações.

Gosto muito dali. 

Que Deus sempre derrame sua Luz sobre aquele povo do Amanhecer e sobre toda a ajuda espiritual ali prestada. Que aquele lugar seja um ponto resplandecente da Luz Divina sobre a Terra.

Louvado Seja Deus!



.-.-.-.-.-.-.-.


quarta-feira, 29 de maio de 2013

DENTRO

"DENTRO
Por Jennifer Farley
26 de maio de 2013

As respostas não estão "lá fora", mas sim dentro.
Quando você mudar o foco do que pode obter para o que pode aprender, as experiências começarão a chegar de um modo diferente, mais gracioso e fácil.
Esta é a beleza da Criação em Ação na sua existência no plano terreno.

Criador

Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com"

-------------




Há propósito em toda a Criação. Toda vida está em evolução. O homem é o resultado dessa evolução. O Espírito, com suas escolhas, cria a trama de sua própria existência e evolução. Isso ocorre desde  o momento em que o princípio inteligente recebeu o envoltório espiritual e o envoltório físico, necessários para as vidas físicas em um Planeta e nas regiões astrais vinculadas a esse mesmo Planeta, em "vidas" que se alternam dentro de um mesmo contexto. iniciando o exercício do seu livre-arbítrio.

O princípio inteligente e o livre-arbítrio são, portanto, as duas colunas fundamentais das nossas vidas.  São esses fatores que nos levarão, no curso da eternidade, a nos contar entre os anjos criados por Deus, dedicados à cumprir os Seus desígnios.

A evolução nos levará à condição de Anjos, com a diferença, em relação àqueles, que levaremos conosco toda a experiência dessa própria evolução, aí contados nossos erros e acertos, nosso sofrimento, nossa dor, nossa regeneração, nossa compreensão de como é estar sujeito a falir e, igualmente, como é aceitar recuperar-se das derrotas, dos vícios e degenerações.

Por isso dizemos que o destino de toda Alma é retornar ao seu Criador, pura como foi criada, mas já ciente do bem e do mal, depois de longas vidas e de longo aprendizado.

Deus não nos condenará pelos incontáveis erros. Como crianças inconsequentes que cometem muitas "artes", estaremos sempre obrigadas a reparar o mal que causarmos e a repetir os estudos e ensinamentos, até o total aprendizado.

Um pouco abaixo dos Anjos fomos criados. 

Graças a Deus por isso.





.-.-.-.-.-.-.-.



terça-feira, 28 de maio de 2013

O INFERNO SE CHAMA UMBRAL.

O Espiritismo revelou à humanidade o verdadeiro Deus de amor e bondade ao revelar que todas as almas estão em evolução e para isso terão muitas vidas na Terra ou em outras regiões do Universo. 

Também revelou ao mundo que não existem os seres diabólicos, eternamente dedicados ao mal, nem o inferno como local de  CONDENAÇÕES ETERNAS. A inexistência das condenações eternas desagrada muito às religiões porque elas sempre se esmeraram em dominar as mentes humanas, mediante o manejo  do medo e da culpa, diante da falibilidade natural do ser humano. A ameaça do castigo eterno, inexorável e irrecorrível, sempre foi o "carro chefe" para a aceitação de certos princípios religiosos.

Conquanto o Espiritismo tenha abolido o inferno e as penas eternas, decorrentes de condenação divina, mostrou em seu lugar a existência do UMBRAL, que é também um local de sofrimento e infelicidade, todavia, sem o caráter de eternidade e sem resultar de julgamentos ou condenações.

Então, ficamos assim: O local de sofrimento existe e chama-se UMBRAL. O que o diferencia do "Inferno ou do Purgatório", é o fato de o Espírito lá estacionado continuar em pleno aprendizado para a sua evolução espiritual. É, portanto, uma ESCOLA ESPIRITUAL. Lá permanecerá até que, livremente, abrigue o sincero desejo de recomeçar a caminhada da evolução, agora com votos de praticar o bem. 

O espírito atraído para o Umbral ali está por sintonia e afinidade com o mal. Ausente da vida física, todo espírito é atraído para o ambiente astral compatível com seus gostos e práticas, consoante o grau de sua evolução espiritual. Portanto, ninguém foi julgado e condenado a permanecer no UMBRAL.

Há muitos relatos dos Espíritos sobre as condições de VIDA DO ESPÍRITO nas comunidades Umbralinas. Esses relatos nos dão ciência de que cada um sofre o que lhe impõe o seu próprio estado mental, numa espécie de gradação de culpas, o que nos permite inferir que há diversas realidades de UMBRAL. Embora atraindo, por afinidade, os  os "maus" para conviverem com  os "maus", sempre haverá melhores e piores grupos e comunidades.

O relato mais duro dos sofrimentos no plano astral foi para nós registrado no livro "Memórias de Um Suicida", da médium YVONE A. PEREIRA, publicado pela Editora FEB. no local que denominou "Vale dos Suicidas", descrito pelo Espírito de eminente escritor Português que findara sua existência através do suicídio. Por ele Espírito, foi dito que se omitia de narrar as situações mais cruas, para não chocar os leitores do seu relato, ou seja, as piores situações e sofrimentos foram omitidos para não chocar demasiado o leitor. Eis um pequeno trecho de suas narrativas:


"Vale dos Suicidas


Precisamente no mês de janeiro do ano da graça de 1891, fora eu surpreendido com meu aprisionamento em região do Mundo Invisível cujo desolador panorama era composto por vales profundos, a que as sombras presidiam: gargantas sinuosas e cavernas sinistras, no interior das quais uivavam, quais maltas de demônios enfurecidos, Espíritos que foram homens, dementados pela intensidade e estranheza, verdadeiramente inconcebíveis, dos sofrimentos que os martirizavam. 

Nessa paragem aflitiva a vista torturada do grilheta não distinguiria sequer o doce vulto de um arvoredo que testemunhasse suas horas de desesperação; tampouco paisagens confortativas, que pudessem distraí-lo da contemplação cansativa dessas gargantas onde não penetrava outra forma de vida que não a traduzida pelo supremo horror! 

O solo, coberto de matérias enegrecidas e fétidas, lembrando a fuligem, era imundo, pastoso, escorregadio, repugnante! O ar pesadíssimo, asfixiante, gelado, enoitado por bulcões ameaçadores como se eternas tempestades rugissem em torno; e, ao respirarem-no, os Espíritos ali ergastulados sufocavam-se como se matérias pulverizadas, nocivas mais do que a cinza e a cal, lhes invadissem as vias respiratórias, martirizando-os com suplício inconcebível ao cérebro humano habituado às gloriosas claridades do Sol - dádiva celeste que diariamente abençoa a Terra - e às correntes vivificadoras dos ventos sadios que tonificam a organização física dos seus habitantes. Não havia então ali, como não haverá jamais, nem paz, nem consolo, nem esperança: tudo em seu âmbito marcado pela desgraça era miséria, assombro, desespero e horror." (Memórias de Um Suicida-Ed. FEB).


Ao dizer que todas as almas serão SALVAS, o Espiritismo não descreve o caminho da cada uma, posto que o viver de cada espírito está condicionado às próprias escolhas, pelas quais constrói sua própria estrada da evolução, com os estágios felizes ou infelizes que delas resultarem.


.-.-.-.-.-.-.-.


segunda-feira, 27 de maio de 2013

AUTOESTIMA E MERECIMENTO

Todo dia, pela manhã, costumo ler as lindas mensagens publicadas nos Blogs que acompanho, as quais já aparecem em destaque na página inicial do meu Blog e, quase sempre, sinto o desejo de reproduzi-las aqui.

Assim, hoje presenteio os meus amigos com a mensagem abaixo, do Blog http://blogsintese.blogspot.com a cujo proprietário agradeço a oportunidade de poder divulgá-la, com os devidos créditos e sem alteração do texto, publicadado no dia 26 de maio de 2013:





"CHEGA UMA LUZ CRESCENTE (Miguel)

Canalizado por Ron Head-Em 26 de maio de 2013


Hoje levamos sua atenção outra vez para os tópicos de autoestima e merecimento.

Não há possibilidade que isso seja enfatizado demais e nem excesso de atenção dado a esses assuntos.

Eles realmente são algo que quase todos vocês não sentem e nem podem acreditar.

Por que isso?

Porque vocês realmente têm se julgado quando até seu Criador Divino não julga, nem jamais julgará.

E muitas vezes vocês pedem perdão pelo que vocês se julgaram culpados, mas principalmente se recusaram a aceitar o perdão de si por si mesmos.

Vocês têm ouvido uma e outra e outra vez lhes ser dito que vocês são seres divinos, cocriadores com o Todo.

Vocês meneiam suas cabeças sabiamente.

Mas não conseguem encontrar a real crença nisso em seus corações.

Mas agora, queridos anjos na Terra, pelas bordas do véu, atrás do qual vocês se esconderam por todos esses milênios, chega uma luz crescente.

Agora chega a possibilidade, o talvez.

Habilidades, sensações, pensamentos e lembranças que não lhes foram familiares por incontáveis vidas estão na espreita.

Vocês sentem o impulso de recusar, como sempre o fizeram.

Mas mais e mais vocês se veem começando a aceitar a possibilidade da verdade.

Eu sou?
Eu poderia ser?
Eu serei?

Nós lhes dizemos outra vez, na esperança que desta vez vocês aceitarão sem reservas a mensagem que sempre foi dada.

Mais de um mensageiro deu uma vida para trazê-la a vocês.

Ouçam-na agora.

Você, meu caro, que está lendo isto, é uma face divina do UM.

Você mantém em seu coração, não importa quem você é, onde você está ou o que você fez ou não fez, uma parte do amor perfeito e da vida do Criador de TUDO.

Como extensão deste pensamento, você é uma parte do Criador, como toda outra vida do universo.

Não existe nada que lhe falta.

Não existe nada com que você possa sonhar que não seja possível.

Se existe algo que vocês precisam exercer é aceitação, permissão e conscientização desta verdade.

Voltem sua atenção para a descoberta disso dentro de vocês.

Vocês, seu vizinho, seu mundo e seu universo esperam ansiosamente por vocês se conscientizarem disto agora.

Nós estamos esperando.

E nós e inúmeros outros estamos enviando amor e luz como nunca antes no maior esforço que vocês podem imaginar para apoiar os seus esforços.

Nós vemos seu sucesso como um fato consumado.

Vocês ainda estão esperando.

Bem, está fluindo em vocês agora.

Aceitem e comemorem.

Se suas circunstâncias parecem negar isto, voltem esse fluxo de energias para essas circunstâncias.

O fluxo é real, as circunstâncias não são.

O amor e a luz são reais.

Eles irão para onde vocês os enviarem.

Queridos, isto é quem e o que vocês são no mais básico dos termos.

Nossas comemorações começaram, mas nós ainda continuamos sempre prontos para apoiar e confortar vocês sempre que pedirem.

Estejam na alegria e conversaremos novamente em breve.

Bom dia."



Copyright © Ronald Head. Todos os direitos reservados.
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link:
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/



.-.-.-.-.-.-.-.

domingo, 26 de maio de 2013

VELHOS HABITANTES DO PLANETA TERRA

Já vivemos muitas vezes sobre o Planeta Terra. Temos uma história de cujo conteúdo somos a resultante atual. Nossa vida de hoje está montada sobre os débitos e créditos adquiridos nessas vidas passadas, conteúdo este que está gravado em nosso corpo espiritual - O PERISPÍRITO.

Essa "Epopeia" de vidas e realizações passadas é a grande batalha da nossa evolução espiritual. Essa tarefa de evoluirmos sempre,  desenvolve-se, ora como espíritos encarnados sobre a Terra e ora como habitantes do plano astral, numa evolução que nunca cessa e nem retrocede.

Dessa bagagem que traz o espírito - débitos e créditos - resulta construído o corpo físico e a realidade de cada vida terrestre, tendo em conta o compromisso a saldar ou o conhecimento a adquirir, em cada existência.

As imperfeições adquiridas e os débitos contraídos ao longo da caminhada pregressa - a bagagem do perispírito - são as portas abertas para a influência de espíritos inferiores em nossa vida atual. Assim como nossas virtudes são créditos para a influência dos bons espíritos. 

É a luta do bem contra o mal - em nosso plano subjetivo - daí resultando a vitória de um ou de outro, em nossa vida, consoante as decisões tomadas no exercício do nosso Livre-Arbítrio.

Nunca faltará o auxílio divino, mas, também, sempre haverá a chance de o mal encontrar brecha para triunfar. Nessa batalha subjetiva, a vitória será dos combatentes que alimentarmos com nossos pensamentos e desejos.

Ninguém pode se dizer enganado. Se há influência de "seres do mal", há, também, igual influência dos"seres do bem". A decisão pelo que fazer ou como decidir será pessoal e intransferível. 

Todos temos um Espírito Guia, um Anjo da Guarda que vela por nós, em todos os momentos, aqui ou no Plano Astral. No entanto, a missão de orientar e proteger nunca anulará o livre-arbítrio do protegido.

Como diz a sabedoria oriental: "Dentro da mente humana habitam dois gigantes em luta permanente - um bom e um mau...Vencerá o que for melhor alimentado".


.-.-.-.-.-.-.-.

sábado, 25 de maio de 2013

Terra - Planeta de Provas e Expiação



"Olhe para si sem medo de encontrar um ser repleto de angústias e questionamentos. Não se precipite em prejulgar-se. Seja brando para consigo, reflexivo mediante o imutável, e creia sempre que acima das estrelas há inúmeras moradas de acordo com o grau evolutivo de cada ser. Não puna-se por ainda estar no Globo. Valorize a existência no Planeta regido por Jesus. Vale muito acreditar para que mantenha-se sereno diante de quaisquer contrariedade que não pode mudar. Fortaleça-se e siga com todos os questionamentos, mas ciente de que a Terra é primorosa na arte do educar. Caminhe firme! 


-----------

Muitas vezes, diante de acontecimentos tristes em nosso Planeta ou em nosso País, vem-nos uma vontade de viver num lugar melhor, junto a pessoas mais sensatas, mais educadas e mais amorosas, onde o direito de todos fosse respeitado e onde a fraternidade reinasse como o item de maior grandeza. 

É bom pensar num lugar assim, onde a busca da felicidade se focasse tanto no individual como no coletivo. Um lugar onde a felicidade de um fosse regozijo de todos e onde a dor de um fosse a preocupação de todos.

Que bom se acabasse, entre nós, todo o orgulho, todo o egoísmo, toda a vaidade e toda a ânsia de poder e dominação! Que bom se o maior servisse ao menor e se o forte protegesse o fraco.

Nosso Planeta ainda é um lugar de Provas e Expiação e, por isso, nele o mal ainda é expressivo no convivência social. Entretanto, essa é uma etapa prestes a se findar. A nossa querida Terra logo alcançará um status melhor, mediante a evolução dos seres que aqui vivem. 

Nessa nova etapa, renascerão aqui espíritos com maior adiantamento e daqui serão removidos os espíritos que não alcançaram compatível com o novo ambiente. Esses serão atraídos para renascerem em Planeta que guarde equivalência com o estágio de adiantamento que a Terra está prestes a deixar.

Os "bons" se juntarão aos "bons" e os "maus" se juntarão aos "maus" e todos continuarão a respectiva caminhada rumo ao progresso e à evolução. Esclareço que uso as palavras bons e maus apenas um grau de diferenciação para melhor entendimento. A ninguém cabe julgar ninguém. Além do mais, não existe ninguém mau... existem espíritos que ainda se agradam em fazer o mal.

Nesta separação por grau evolutivo, não há que falar em céu ou inferno ou em prêmios e castigos, é apenas a vida que continua, após uma depuração que ajuntará os homens (e espíritos) por grupos afins.  Cada um continuará do estágio que atingiu.  Pode até ocorrer que os "maus" que daqui emigram possam vir a ser, comparativamente, os "melhores" do novo planeta onde vão habitar, dado o grau evolutivo dessa nova comunidade.

Mas, voltando ao desejo de estar em lugar melhor, de maior justiça e de menos sofrimento, presumo que esse desejo já seja, em si, um indício do bem que reside em cada um dos que assim pensam, pois este já seria um desejo de se estar contado no grupo dos "bons", sempre que esse desejo não seja um sentimento puramente egoísta, para obter vantagem pessoal.

Deus não erra!  

Deus é justo!

Habitamos a comunidade que merecemos habitar.  Estamos aqui porque temos débitos a pagar. Aqui nos colocou a misericórdia de Deus, em condições de  enfrentarmos as provas que necessitamos superar para, dessa forma, obtermos o conhecimento e as virtudes que condicionam a nossa evolução.

Religião não é "Passaporte Espiritual".  

O bem e as virtudes serão o salvo-conduto para habitarmos comunidades mais felizes, aqui ou no Além.


.-.-.-.-.-.-.-.





sexta-feira, 24 de maio de 2013

O AMOR É TUDO!

Reproduzo o texto publicado no Facebook, na página ESPIRITISMO CONSOLADOR:

TUDO É AMOR

"VIDA                -  É o amor existencial.
RAZÃO              -  É o amor que pondera.
ESTUDO            -  É o amor que analisa.
CIÊNCIA            -  É o amor que investiga.
FILOSOFIA        -  É o amor que pensa.
RELIGIÃO          -  É o amor que busca a Deus.
VERDADE          -  É o amor que se eterniza.
IDEAL               -  É o amor que se eleva.
FÉ                    -  É o amor que se transcende.
ESPERANÇA      -  É o amor que sonha.
CARIDADE        -  É o amor que auxilia.
FRATERNIDADE -  É o amor que se expande.
SACRIFÍCIO      -  É o amor que se esforça.
RENÚNCIA        -  É o amor que se depura.
SIMPATIA         -  É o amor que sorri.
ALTRUÍSMO      -  É o amor que se engrandece.
TRABALHO        -  É o amor que constrói.
INDIFERENÇA   -  É o amor que se esconde.
DESESPERO     -  É o amor que se desgoverna.
PAIXÃO           -  É o amor que se desequilibra.
CIÚME             -  É o amor que se desvairia.
EGOÍSMO        -  É o amor que se animaliza.
ORGULHO        -  É o amor que enlouquece.
SENSUALISMO -  É o amor que se envenena.
VAIDADE         -  É o amor que se embriaga.


Finalmente, o ódio que julgas ser a antítese do Amor, não é senão o próprio Amor que adoeceu gravemente".

Chico Xavier




.-.-.-.-.-.-.-.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

SOMOS SETE BILHÕES

Em 31/10/2011 chegamos a 7 bilhões de habitantes no Planeta Terra. A estimativa da população mundial, atual é de 7.117 bilhões de pessoas e a expectativa para o fim do Século é de 11 bilhões de habitantes. A estimativa total dos seres humanos que já habitaram a Terra e de 106 bilhões de pessoas. (Obs.: Dados da Internet, referendados pela ONU e outras Entidades de Pesquisas).

----------------


Somos os privilegiados que ganhamos o direito de estar vivos sobre a Terra, nesse momento, e nos contarmos entre os 7,1 bilhões de espíritos em nova oportunidade de crescimento espiritual. 

Porque chamo de PRIVILÉGIO? 

Porque milhões de espíritos estão no espaço, vinculados à Terra, aguardando ansiosamente por essa oportunidade de aqui renascerem e retomarem a sua jornada de crescimento e evolução, mediante o resgate de erros e culpas e, também, através dos estudos e conquistas que elevem o grau de progresso de toda a humanidade.

Ressalte-se que, muitos desses espíritos, podem estar em situações angustiosas no Plano Espiritual, como condição pessoal decorrente da evolução e dos méritos próprios, atraídos que foram para regiões menos felizes, que muitos chamariam de "inferno ou purgatório e que nós, espíritas, chamamos de Umbral. Para esses espíritos em sofrimento, qualquer condição de vida na Terra seria um grande lenitivo para os seus sofrimentos.

A vida física é a oportunidade de ouro para saldar compromissos espirituais e para construir um futuro melhor. Estamos aqui fabricando o nosso futuro, quer se considere a vida no plano espiritual, quer se considere a vida física no Planeta, em futuras encarnações.

O que se impõe é que vivamos com mais conteúdo nesse nosso dia-a-dia onde a vida se realiza. Vamos pensar grande, cientes de que temos uma vida eterna para preencher com boas realizações. Os erros e culpas do passado serão corrigidos, no devido tempo. O importante é o aqui e agora.  A vida colocará diante de todos as devidas oportunidades e circunstâncias para alcançarmos o crescimento espiritual.


Muitos, desatentos, deixam passar a oportunidade de buscar a felicidade de suas "vidas" futuras.

A hora é essa! A vida é nossa! Só precisamos fazer o melhor em cada momento.

Deus sabe que não somos santos.  Ele não espera santidade de nós.  Ele espera que façamos o  melhor que pudermos e vivamos conscientes de nossa espiritualidade.



.-.-.-.-.-.-.-.




quarta-feira, 22 de maio de 2013

Flashes da Infância


Eu andei descalço pelas estradinhas de Minas, não podia ter sapatos e nem os queria. Atravessei córregos e riachos onde peguei lambaris para brincar. Represei água com pedras para um pequeno mergulho. Catei pedrinhas de cores e formas atraentes para guardar.

Bebi água de mina brotando da terra. Carreguei água na folha de de inhame ou taioba. Enchi moringa de água fresca. Deitei à sombra das  árvores pelo simples prazer de estar ali.

Vi todo tipo de passarinho cantando nos galhos das árvores. Armei arapuca e peguei passarinhos que depois sempre soltei. 

Comi frutas maduras colhidas do pé, no meio das matas. Colhi mel das casas de abelhas das árvores e, lógico, também fui picado por moradoras delas. 

Estrepei pés e pernas no meio dos matos e dei muitas "topadas" de arrancar unha do pé. 

Também tive bicho de pé. 

Subi em muitas árvores para apenas ficar lá em cima. 

Joguei futebol com bola de meia e briguei com os moleques da minha safra.

Olhei eclipse através da água de uma bacia.

Corri de medo de cobras que pareciam me olhar diretamente nos olhos e tomei "carreira" de boi brabo, nas estradinhas que passavam pelo meio dos pastos. 

Gostava de aprender mas preferia os momentos de recreio ou os dias de leitura na biblioteca.  Adorava minha professorinha - Deus a abençoe - Da. Therezinha Marco Perez, pelo maravilhoso trabalho de todo o meu ensino primário.

Vivi e aprendi muito durante os cinco anos em que, afastado dos familiares, dependi da caridade alheia, sob a assistência total do Educandário mantido pela Fundação Eunice Weaver, em Juiz de Fora. 

Morri de medo das "almas penadas do purgatório", de saci pererê e de mula-sem-cabeça. 

Tive medo de Deus. Rezei terços e fiz ladainhas na vivência católica. Fui à missa e comunguei, mediante a confissão prévia onde inventava ou omitia pecados. De um padre, também recebi a "extrema-unção", quando a minha vida definhava em leito de hospital.

Antes de dormir, cansado das brincadeiras de menino, deitava no chão e ficava olhando as estrelas, esquadrinhando os céus e tentando formar uma ideia daquilo tudo.

Fui menino. Fui moleque. Vivi.


.-.-.-.-.-.-.-.

INTERESSES COMERCIAIS


Percebi que utilizaram a expressão ESPÍRITAS GRAÇAS A DEUS para veicular mensagem comercial nesta REDE INTERNET.  Sem pretender emitir juízo sobre esse uso daquela expressão e nem com a vinculação a termos espíritas, apresso-me em ESCLARECER:

Essa mensagem comercial não tem qualquer vinculação com este querido Blog www.espiritagracasadeus.blogspot.com que mantenho e nem com a minha pessoa.

Na oportunidade, esclareço que jamais utilizarei qualquer referência religiosa para fins de divulgação comercial.

Abraços.
Euleir Eller

terça-feira, 21 de maio de 2013

ADEUS MISTÉRIOS E CASTIGOS ETERNOS

Eu sempre digo que as verdades espíritas são um cabedal de conhecimento adequado a todas as religiões. Essas verdades sobre a existência do Mundo Espiritual e suas relações com todos os níveis de existência por onde transita a Alma, em evolução, não é nada mais que a "realidade" do Universo.

São verdades universais que pertencem a todos e que não poderiam ficar circunscritas a um círculo de iniciados ou a uma religião específica.

Eu aceito e procuro viver as "verdades espíritas" mas não considero religião esse acervo de conhecimento, de marcante fundo religioso.   

O Espiritismo me fascina, exatamente, por nunca se haver organizado como uma nova religião. Dessa forma, permanece como um campo de estudos filosóficos que traduz ideias concernentes ao foro íntimo de cada pessoa, uma vez que se ocupa da origem e destino de cada Espírito.

O Espiritismo não procura homens-santos e, também, não pretende santificá-los ou fazer "santos", ele se dedica a reformar o conhecimento íntimo do "ser" para que cresça espiritualmente, o quanto for possível, em cada existência terrestre.

O conhecimento espírita é um farol que alumia todo o caminho da alma, aqui e para além do túmulo, mostrando a realidade do mundo espiritual, onde a alma estagia, feliz ou infeliz, no curso da sua constante caminhada para a perfeição.

Desfez-se o mistério da morte e dos castigos e condenações eternas, estes claramente incompatíveis com um DEUS DE AMOR E BONDADE.


.-.-.-.-.-.-.-.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

A BOA RELIGIÃO

Deus criou o Universo e tudo que nele está contido, inclusive o mundo dos Espíritos, que é a Realidade Espiritual.

Deus não criou nenhuma RELIGIÃO!

Os homens criaram as religiões e, com elas, o conceito de que o homem está separado de Deus.

Ninguém está separado de Deus! Nada no Universo está separado de Deus. 

O homem pode estar vivendo sem a percepção de que é um ser espiritual eterno, mas daí não decorre que Deus o tenha abandonado. Deus não criaria filhos para os abandonar à perdição ou à condenação porque, nesse caso, seria mais lógico não os haver criado. 

O destino do Espírito é a felicidade! Tem como única responsabilidade a necessidade de evoluir, por seu próprio mérito, como ser espiritual. Dotado de vida eterna, o Espírito dispõe das muitas vidas físicas, quantas forem necessárias, para sua evolução espiritual. Como um diamante bruto, ele será polido nos embates das vidas físicas.

As religiões deviam e devem ajudar o crescimento espiritual de todos os espíritos encarnados. Entretanto, essa finalidade acabou preterida pelos interesses humanos de dominação, daí decorrendo que os interesses religiosos estão canalizados  para fins imediatos, que nem sempre correspondem aos ideais espirituais.

Longe ficaram os ensinamentos de Jesus que apenas ensinou amor perdão e caridade e, ainda, exemplificou total desapego de coisas materiais... nunca carregou bolsa de dinheiro...

A boa religião não afronta a lógica e a razão. Não produz "lavagem cerebral" nos seus fiéis. Não confronta a ciência como adversária e mentirosa. 

Religião boa é aquela que explica e conforta as dores físicas e espirituais do homem e que o eleva à condição de "Filho de Deus", sujeito a erros e falhas, mas sempre o ser que caminha para Deus, vivendo a eternidade de sua vida espiritual.

"A boa religião é aquela que torna melhor o ser humano". Dalai Lama.



.-.-.-.-.-.-.-.






sábado, 11 de maio de 2013

A VIDA REAL

A vida real é a vida do Espírito. A vida física, pequena e passageira, é uma viagem de estudos, contida e dimensionada, dentro da vida eterna do Espírito.

Quando cessa a vida física, o Espírito, que aqui estava de passagem, retorna para sua casa, de onde veio para cumprir uma missão especifica de buscar o crescimento espiritual.

Retornando de sua viagem, o Espírito vai compartilhar com os membros de sua comunidade espiritual - amigos e familiares - os resultados de sua viagem, isto é, suas experiências e aprendizado auferido.

A alma retornará à mansão espiritual onde já habitava e de onde veio para nascer na Terra. Então, levará gravada em sua realidade espiritual, toda a sua bagagem de virtudes adquiridas e vivenciadas aqui, na vida física sobre a Terra. Ninguém lhe pedirá contas. 

Ninguém a julgará e ninguém a acusará, apenas, que todos estarão cientes das suas recentes realizações.

O "Juiz" de cada alma será sempre ela mesma, sempre que esteja ciente de suas condições e suas necessidades espirituais, razão maior de suas vidas físicas.

É por isso que se diz que todo espírito vem à terra com um propósito - uma missão. Ninguém encarnou apenas como "turista" ou como ilustre passageiro, a passeio.

Tudo no Universo tem propósito e finalidade. O nosso querido Planeta Azul oferece aos espíritos a oportunidade de expiarem suas culpas e de adquirirem novas virtudes, ainda que nisso se comporte a dor e o sofrimento.

Que fique claro que o Espírito habitará, também, planetas felizes, quando para isso tiver alcançado o aprendizado e o merecimento necessários para viver nessas comunidades.

Necessário é crescer espiritualmente!

Boa viagem para todos nós!


.-.-.-.-.-.-.-.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Palavras de Luz: MUDANÇA

Palavras de Luz: MUDANÇA:
luzdepalavras.blogspot.com

Mudar a rota exige introspecção. Faça um análise crítica a respeito da sua conduta e verá o quão nada tem realizado a não ser, carregado seu corpo, como fardo que o mantem prisioneiro indefinidamente. 

Você é, muito mais do que um conjunto físico a caminhar sob solo terreno portanto, busque na alma a solução para todos os problemas que o afligem e terá a grata satisfação em reconhecer que a vida na Terra significa ponto de partida para resgata-lo de si mesmo. 

Não há técnica de pequeno esforço. Esmere-se e siga diante da infindável linha do horizonte. 

A vida é bela!

Amigos Obreiros do Bem
Por LUANA CONTI