Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Alvorada Espiritual: A Chave de Luz, de Emmanuel


Alvorada Espiritual: A Chave de Luz, de Emmanuel:


Lembra-te de que ninguém avança sem companhia.

Toda obra pede auxílio e cooperação.

A árvore protege a fonte, tanto quanto a fonte alimenta a árvore.

O pão que extingue a fome é filho da compaixão do solo que nutriu a semente, da renúncia da semente que germinou para o sol e da força do sol que amparou a terra obscura e sustentou a semente frágil.


Para ler na íntegra: Seguir o link acima



.-.-.-.-.-.-.-.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

?Sufre el Alma en El Momento de la Muerte Física.?

SOY ESPÍRITA


¿El ALMA sufre o no en el tránsito? O sea en el momento de la muerte física.?



¿Sufre o No el ALMA en el momento de la muerte física?

Todos estamos interesados en estos temas que la misma ciencia no ha podido explicar y rehúye a este tema por no saber cómo manejarlo.Es precisamente aquí donde el espiritismo aporta conocimiento basado en las comunicaciones Mediúmnicas con espíritus desencarnados que describen el proceso.Es también esta área de conocimiento que define al espiritismo como una ciencia de hechos entre el plano físico y el espiritual.

QUAL A MELHOR RELIGIÃO?




“QUAL A MELHOR RELIGIÃO?


Breve diálogo entre o teólogo brasileiro

Leonardo Boff e o Dalai Lama.


Leonardo Boff explica:

"No intervalo de uma mesa-redonda sobre religião e paz entre os povos, na qual ambos (eu e o Dalai Lama) participávamos, eu, maliciosamente, mas também com interesse teológico, lhe perguntei em meu inglês capenga:

-"Santidade, qual é a melhor religião?"
(Your holiness, what`s the best religion?)

Esperava que ele dissesse:

-"É o budismo tibetano" ou "São as religiões orientais, muito mais antigas do que o cristianismo."

O Dalai Lama fez uma pequena pausa, deu um sorriso, me olhou bem nos olhos - o que me desconcertou um pouco, porque eu sabia da malícia contida na pergunta - e afirmou:

- "A melhor religião é a que mais te aproxima de Deus, do Infinito. É aquela que te faz melhor.

Para sair da perplexidade diante de tão sábia resposta, voltei a perguntar:

- "O que me faz melhor?"

Respondeu ele:

-"Aquilo que te faz mais compassivo" (e aí senti a ressonância tibetana, budista, taoísta de sua resposta), "aquilo que te faz mais sensível, mais desapegado, mais amoroso, mais humanitário, mais responsável... Mais ético... A religião que conseguir fazer isso de ti é a melhor religião..." 

Calei, maravilhado, e até os dias de hoje estou ruminando sua resposta sábia e irrefutável...

Não me interessa, amigo, a tua religião ou mesmo se tem ou não tem religião. 

O que realmente importa é a tua conduta perante o teu semelhante, tua família, teu trabalho, tua comunidade, perante o mundo...
perante DEUS.”



.-.-.-.-.-.-.-.





domingo, 21 de agosto de 2011

RELIGIÃO QUE SATISFAZ


Há em todos nós um apelo religioso que é inato ao nosso ser. Eu não acredito que haja um só ser neste Planeta Terra que, contemplando esse universo sem fim,  não ocupe a sua mente em pensar na origem de todas as coisas. 

Se há coisas e se há criatura, tem que haver o criador, tem que haver a origem, tem que haver um "ser supremo" que a tudo criou  e que deu um propósito a tudo. O nada nunca poderia criar algo. Só um princípio inteligente poderia criar um universo que obedece a leis inteligentes.

Para o religioso, tem que haver DEUS  no princípio e no fim de tudo. 

Quantas vezes um vazio nos alcança fazendo-nos querer algo mais do que o simples existir. Sentimos como que uma saudade de algo que existe em outro lugar mas que não conseguimos explicar. Enfim, é uma saudade que não sabemos explicar e que se aguça no simples olhar para o céu estrelado ou para uma pequenina flor.

Que bom que o Espiritismo preenche essas nossas lacunas, em todos os sentidos. De repente a fé encontra algo mais efetivo que uma simples expectativa. Cessa a busca e começa o aprendizado e a conscientização. 

Surge o desejo da reforma íntima para merecermos o que Deus oferece a todos os seus filhos, mas que só usufruiremos por nossos próprios méritos, seguindo na trilha que nos deixou JESUS.

Cultivando o amor, o perdão e a caridade.


.-.-.-.-.-.-.-.

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Saber Ouvir

O texto abaixo é parte de uma crônica de Rubem Alves, sob o título "ESCUTATÓRIA", sendo esta a arte de ouvir, por analogia com a arte da ORATÓRIA. O texto completo está em mensagem formatada no pwp e circula pela internet. Recebi por e-mail:




"A gente não aguenta ouvir o que o outro diz sem logo dar um palpite melhor... Sem misturar o que ele diz com aquilo que a gente tem a dizer. É como se aquilo que ele diz não fosse digno de descansada consideração... e precisasse ser complementado por aquilo que a gente tem a dizer, que é muito melhor...

Nossa capacidade de ouvir é a manifestação mais constante e sutil da nossa arrogância e vaidade. No fundo, somos os mais bonitos...

Não basta não ser cego para ver as árvores e as flores. É preciso também não ter filosofia nenhuma. Filosofia é um monte de idéias, dentro da cabeça, sobre como são as coisas. Para se ver, é preciso que a cabeça esteja vazia..."


.-.-.-.-.-.-.-.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

O EXÍLIO DO JAGUAR: Paciente Terminal

O EXÍLIO DO JAGUAR: Paciente Terminal

Ser espírita ajuda muito! Mas se a pessoa não compartilha esta crença, resta lembrar que ela deve apegar-se à fé e a religiosidade que sempre fizeram parte de sua vivencia. Se for alguém de vida desregrada, é hora de lembrar que Deus não abandona a ninguém e apresenta-se a oportunidade de lutar pelo perdão!



.-.-.-.-.-.-.-.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

NÃO TENTARÁS AO SENHOR TEU DEUS !



No conceito das religiões:

Os demônios são entidades (anjos decaídos) que se dedicam a ATRAIR almas para o inferno. Foram criados por Deus como entidades angélicas, mas, ao se desviarem das suas finalidades, foram banidos das regiões celestes e condenados à danação eterna.


No conceito Espírita:

Os demônios são espíritos imperfeitos, suscetíveis de regeneração e que, momentaneamente, se dedicam ao mal, com expressiva atuação em convencer as almas a se desviarem do caminho da perfeição.

Classificados como Espíritos Imperfeitos, a Doutrina Espírita os coloca na base da escala elaborada para compreensão do estágio da evolução de todas as almas.

Isso significa que esses mesmos espíritos têm toda a possibilidade de rever o seu estado atual e voltar à senda do bem. A todo momento, eles podem rever a sua condição de seres afeitos à prática do mal e, assim, a partir do arrependimento, reiniciar a trajetória para a busca da felicidade, para busca de Deus. 

Esses que muitos chamam de demônios não estão condenados à estagnação no mal e nem à danação eterna. Deus lhes estende a mão misericordiosa para recebe-los como filhos queridos, como foram criados, assim que repararem todo o mal que já causaram.

Foi o que Jesus deixou entrever quando advertiu a Satanás, no episódio da “Tentação no Deserto”:


NÃO TENTARÁS AO SENHOR, TEU DEUS !!!


.-.-.-.-.-.-.-.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

HOMENAGEM - DIA DOS PAIS


Parabéns a todos os pais que amam os seus filhos e deles cuidam, carinhosamente, desde aqui ou desde lá, da eternidade.


Papai.


Hoje eu quero expressar-te o meu carinho especial. Quero agradecer pelo tanto da tua vida que se tornou uma parte feliz da minha própria vida.


Obrigado pelo amor de que fui cercado desde aquele dia em que, meio desajeitado, pela primeira vez me tomastes nos teus braços.


Obrigado por ter aceitado a missão de ser o meu pai nessa etapa do nosso eterno viver. 


Os recursos limitados foram compensados com o teu carinho. Imagino quantas vezes tivestes o coração apertado quando, diante de um simples brinquedo, precisavas dizer: Não posso te dar. Eu sei que se pudesses me darias o mundo e com ele todos os meus sonhos realizados, acrescidos, ainda, de muita paz e felicidade.


No pouco me destes tudo.


A infância pobre andou ao lado da criatividade. Com pequenos vegetais e alguns paus eu logo soube como fabricar brinquedos que, na fantasia infantil, corriam, voavam ou pulavam. E as vassouras que se convertiam nos mais belos cavalos?


Que bom que não havia carrinhos que correm sozinhos, aviões e helicópteros que voam de verdade e que hoje fazem a alegria dos meus netos.


Eu te agradeço pelos "castigos" que o teu amor tornou bem menores do que eu merecia.


Calculo em como foi difícil impor ensinos religiosos para um jovem contestador que sempre queria explicações além do que a igreja e a Bíblia ensinavam.


Eu me tornei uma pessoa querida e respeitada e nem poderia ser diferente, pois na tua sombra eu me criei e, pelo teu caráter, o meu caráter eu forjei.


Papai, que Deus te abençoe pela missão bem cumprida. Quero que te orgulhes de mim assim como eu me orgulho de ser teu filho.


Quase posso ouvir, de novo, aquela frase que tantas vezes pronunciastes enquanto desfrutei da sua companhia:

“Deus te abençoe, meu filho!”



.-.-.-.-.-.-.-.




segunda-feira, 8 de agosto de 2011

PODEM OS MORTOS SE COMUNICAREM COM OS VIVOS?


Podem os “mortos” se comunicar com os vivos?

A resposta é sim. A Bíblia é a melhor referência não espírita para confirmar isso. Nela estão relatadas muitas situações já aceitas:



- Anjos que se comunicam com os homens;


- Saul e a pitonisa que evoca Samuel;


- A transfiguração de Jesus com a presença de Moisés e Elias;


- Os diversos episódios de expulsão de espíritos malignos;


- A repreensão de Paulo ao vidente;


- A advertência de São João - I João 4:1: "Amados! não acrediteis em qualquer espírito, mas examinai os espíritos para ver se são de Deus".


Assim, a Bíblia responde à pergunta e, ao mesmo tempo, esclarece que a comunicação com os mortos pode ser feita com espíritos que são de Deus e com aqueles que não são de Deus. 

Ficou Prescrito que os fiéis devem se acautelar para não serem vítimas de espíritos levianos e enganadores. Portanto, a comunicação é efetiva.

Após o advento da Doutrina Espírita - que complementar os ensinos do Mestre Jesus - ficamos cientes de que todos os espíritos sobrevivem à morte do corpo físico e, vivos, vão habitar as regiões do mundo espiritual - as muitas moradas preparadas pelo Pai para todos os seus filhos. 

Por isso, está dito:

DEUS É DEUS DE VIVOS E NÃO DEUS DE MORTOS ! 
Mat. 22:32.



.-.-.-.-.-.-.-.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

NA LUZ DO ALTÍSSIMO: A Explosão da Cultura Espírita

NA LUZ DO ALTÍSSIMO: A Explosão da Cultura Espírita:

"A religião assume uma face moderna e cresce entre os jovens Por Martha Mendonça (Top model Raica Oliveira). A top model Raica..."

Vivemos num mundo cada vez mais competitivo, em que muitas vezes a caridade é deixada em segundo plano. A época atual é também de recrudescimento de fundamentalismos que sufocam a liberdade religiosa. Num tempo assim, a acolhida cada vez maior da mensagem espírita, fundamentada na tolerância e solidariedade, é um fato a comemorar.


.-.-.-.-.-.-.-.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

O CENTÉSIMO MACACO

Apesar de que a matéria abaixo circula pela internet e também é mencionada em alguns livros, aproveito a mensagem que me foi mandada pela amiga Mara Sotto Mayor e publico a história dos macacos que passaram a lavar as batatas antes de come-las. A mensagem ressalta o quanto é importante a consciência coletiva para os avanços sociais e como um componente a mais pode fazer toda a diferença:



O Centésimo Macaco


Nota: Para pesquisar o assunto, consulte a obra do biólogo inglês Rupert  Sheldrake sobre os campos morfogenéticos.

O macaco japonês  "Macaca Fuscata"  vinha sendo observado há mais de trinta anos em estado natural.

Em 1952, os cientistas jogaram batatas-doces cruas nas praias da ilha de Kochima para os macacos.
Eles apreciaram o sabor das batatas-doces, mas acharam desagradável o da areia.

Uma fêmea de um ano e meio, chamada Imo, descobriu que lavar as batatas num rio próximo resolvia o problema. E ensinou o truque à sua mãe.
Seus companheiros também aprenderam a novidade e a ensinaram às respectivas mães.

Aos olhos dos cientistas, essa inovação cultural foi gradualmente assimilada por vários macacos.
Entre 1952 e 1958 todos os macacos jovens aprenderam a lavar a areia das batatas-doces para torná-las mais gostosas.
Só os adultos que imitaram os filhos aprenderam este avanço social.
Outros adultos continuaram comendo batata-doce com areia. Foi então que aconteceu uma coisa surpreendente.
No outono de 1958, na ilha de Kochima, alguns macacos - não se sabe ao certo quantos  - lavavam suas batatas-doces.
 
Vamos supor que, um dia, ao nascer do sol, noventa e nove macacos da ilha de Kochima já tivessem aprendido a lavar as batatas-doces. Vamos continuar supondo que, ainda nessa manhã,
Um centésimo macaco tivesse feito uso dessa prática.
Então aconteceu!
Nessa tarde, quase todo o bando já lavava as batatas-doces antes de comer.
O acréscimo de energia desse centésimo macaco rompeu, de alguma forma, uma barreira ideológica!

Mas veja só:
Os cientistas observaram uma coisa deveras surpreendente:
O hábito de lavar as batatas-doces havia atravessado o mar. Bandos de macacos de outras ilhas, além dos grupos do continente, em Takasakiyama, também começaram a lavar suas batatas-doces. Assim, quando um certo número crítico atinge a consciência,
Essa nova consciência pode ser comunicada de uma mente a outra.

O número exato pode variar, mas o Fenômeno do Centésimo Macaco significa que, quando só um número limitado de pessoas conhece um caminho novo, ele permanece como patrimônio da consciência dessas pessoas. Mas há um ponto em que, se mais uma pessoa se sintoniza com a nova percepção, o campo se alarga de modo que essa percepção é captada por quase todos!

Você pode ser o centésimo macaco!

Essa experiência nos proporciona uma reflexão sobre a direção de nossos pensamentos.

De certo modo, já sabemos que para onde vai o nosso pensamento segue a nossa energia. 

Grupos pensando e agindo numa mesma freqüência em várias partes do Planeta têm as mesmas sensações e acabam fazendo as mesmas coisas sem nunca terem se comunicado.

Isso vale tanto para aqueles que praticam o bem como para aqueles que usam de suas faculdades para o mal.

O acréscimo de energia, neste caso, pode ser aquela que você está enviando com o seu pensamento sintonizado na freqüência do crime noticiado que gera comoção geral.

Parece coincidência, mas sempre que um crime choca e comove multidões, de imediato outros fatos semelhantes pipocam em diversos lugares.
Será isso o efeito do centésimo macaco às avessas?
 
Ao invés de indignar-se diante do crime noticiado, direcionando inconscientemente seu pensamento e sua energia para essas pessoas ou grupos que se aproveitam dessa energia toda para materializar mais crimes, neutralize com pensamentos conscientes de amor e perdão. 

Mude de canal na TV, vire a página do jornal, saia da freqüência e não alimente ainda mais a insanidade daqueles que tendem para o crime, e, também, daqueles que lucram com as desgraças alheias.

São todos igualmente insanos, tanto aquele que pratica o crime quanto aquele esbraveja palavrões de indignação por horas diante das câmeras, criando comoção e levantando a energia que se materializará nas mãos daquele que está com a arma já engatilhada.

Gerar material para construir um mundo melhor não requer tanto de grandes ações, quanto essencialmente grandes blocos de consciência.

É preciso que mais gente se sintonize na freqüência e coloque aquele acréscimo de energia que pode gerar uma nova consciência em outros grupos, em outras partes do Planeta. 

Se cada um de nós dedicarmos alguns minutos todos os dias para meditar, entrando em sintonia com a freqüência do amor, basta para mudar muitas coisas desagradáveis acontecendo em nosso Planeta e criar uma nova consciência.
Seja você também um macaco para o bem!

O centésimo, aquele que faz a diferença. 


 .-.-.-.-.-.-.-.