Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

terça-feira, 18 de agosto de 2015

ANIVERSÁRIO !

Hoje é o dia do meu aniversário. Completo 75 anos de uma vida abençoada, tenho uma família linda: esposa, quatro filhos, dez netos e já aguardo, para 2016, a chegada da primeira bisneta, a Maria Eduarda, inaugurando uma nova geração. Tenho tudo que preciso para um viver simples e agradável.

Num olhar de relance sobre a realidade vivida, posso distinguir algumas fases muito tristes e outras, repletas de felicidade. Compreendo que viver é isso mesmo: receber o bom e o ruim que nos tornará melhores mais à frente. Deve ser assim a vida de todas as pessoas.

Sob o prisma geral, classifico como feliz a minha vida e o faço, principalmente, em função da compreensão de que desfrutei os méritos que construí e saldei débitos urgentes e necessários. Tive encontros e desencontros de almas que estão na mesma caminhada da evolução. Tenho claro que a vida na Terra é um ciclo de resgates e, também, o momento certo para a construção de vidas futuras melhores.

Vejo o ciclo terrestre da vida com serenidade. Acredito que ainda terei muitas vidas e muito resgate por realizar. Cultivo a certeza desse caminhar e evoluir, na Eternidade, sob a proteção de Deus e dos guias e anjos que aceitaram a missão de estar ao meu lado, para me guiar e sustentar, finalmente, no caminho certo, no retorno para Deus.

Não sou e nem nunca fui a melhor pessoa nem, sequer, uma pessoa digna de servir de exemplo para quem quer seja. Como todos, sou apenas uma alma que se esmera em progredir, em cada vida um pouco mais, todavia, certo da vitória, ao final.  

O precioso diamante que brilha e encanta, já foi pedra bruta, até descartável para um olhar menos técnico, mas que mãos hábeis o resgataram e poliram. Somos todos, pedras preciosas, em fase de lapidação pela vida e, até, alguns, sem qualquer lapidação aparente, mas todos, potencialmente, pedras preciosas de grande valor.

Enfim, os anos passam e até uma longa vida, se vê curta num olhar sobre tudo que passou. Costumo dizer para os meus familiares: "Vamos em frente, que atrás vem gente!". Digo isso, no sentido de que não há que ficar chorando pelo leite derramado, quando derramado. A vida nos espera no momento seguinte, no amanhã. Ninguém é vitorioso sentado, chorando, à beira do caminho.

Não gosto de receber presentes. A minha timidez que me deixa constrangido, no entanto, adoro receber parabéns por algo de bom que tenha ocorrido.

PARABÉNS PARA MIM. Feliz Aniversário!


.-.-.-.-.-.-.-.

Nenhum comentário:

Postar um comentário