Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Espíritos Resistentes

Toda a abordagem que faço neste blog, relativamente à Doutrina Espírita ou outros aspectos da religiosidade humana, precisa ser vista como comentário de um leigo. Não possuo formação cultural nos assuntos de religiões ou teologia. Aliás, tudo que aqui se menciona são conhecimentos deduzidos de literatura existente. Só uma pouca parte, vem da vivência como praticante na área espírita. 

Jesus certa vez mandou seus discípulos, dois a dois, para curarem os enfermos e expulsarem os espíritos imundos imantados às pessoas. Quando retornaram, os discípulos referiram ao Meste que em nome Dele haviam curado enfermos e expulsado espíritos impuros,  mas que, alguns lhes resistiram ao comando e não abandonaram as pessoas que lhes sofria o assédio. 

O mestre, então, ensinou-lhes que havia uma casta de espíritos mais resistentes e que, para lidar com eles, fazia-se necessário um devido preparo, através de muito jejum e  muita oração. 

Ninguém deve se aventurar em lidar com os espíritos se para isso não estiver preparado. Fazendo-o, é necessário que esteja, a pessoa, secundada por "forças espirituais" que lhe garanta uma atuação saudável e eficaz.

Lidando com os espíritos - não importa a que religião se pertença - é preciso que Jesus esteja abençoando aquele trabalho, fornecendo toda a ajuda espiritual necessária e imprescindível. 

Ninguém deve confrontar espíritos contanto com os seus próprios méritos e força. A prece deve sempre preceder qualquer ação. Quem atua será sempre instrumento das forças espirituais, nos trabalhos dessa natureza. 

De outra forma, ensejaria carrear para a própria vida as más energias que se pretendia liberar em outra pessoa. Não adiantaria curar um enfermo atraindo para si as energias que causaram aquela doença.

Quando o trabalho nos é destinado, as energias espirituais já se terão organizado para todo o apoio ao empreendimento. Seremos apenas instrumento. A sintonia se estabelece com a prece.

Todo o cuidado é pouco. Melhor estar atendo ao que ensinou Jesus:


"Orai e vigiai"

.-.-.-.-.-.-.-.













Nenhum comentário:

Postar um comentário