Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

quinta-feira, 28 de abril de 2011

PARA REFLEXÃO

Do Blog: Andança Espírita

 "..................................................
Por isso, peço a todos. Se eximam de julgamentos, mesmo que não compreendam os sábios espíritos que ocupam tarefas missionárias e sacrificiais para as quais são capacitados e foram preparados, nos vastos ambientes da caridade e do sacrifício. Obviamente que suas observações devem estar embasadas no bom-senso. Mas mesmo este termômetro modifica-se com o tempo, conforme vamos adquirindo sabedoria e amadurecimento. Confiem em Deus, confiem em Suas diretrizes, confiem com o coração aberto nos Mestres que Deus lhes envia para o vosso crescimento. Aprendam a reconhecer a Luz destes enviados!

Muitos são os conceitos distorcidos em relação á Bondade, ao Amor, à Docilidade, à Candura ou mesmo à Santidade. O ser humano, com sua ignorância imensa, taxou determinadas atitudes de “boas” ou “más” de acordo com sua pequena capacidade de entendimento. Ampliem o horizonte de vossas mentes, tendo como bússola o coração! Se este está fechado, estarão sem rumo, sem direção, perdidos no mar escuro das trevas existenciais de sua própria psique, e das demais que constroem este orbe negro. Não parem, não estacionem em local cômodo, pois nada é seguro e inquebrantável se não estiver alicerçado no amor. Dinheiro, trabalho, posições, compromissos, tudo é transitório e mutável, assim como é impermanente a Vida. A segurança verdadeira que podemos adquirir está dentro de nós. A liberdade verdadeira que almejamos conquistar está dentro de nós. O respeito e a amizade que desejamos obter começam com a edificação da solidariedade dentro de nós. O amor e o carinho que almejamos receber estão também inclusos na Grande Lei. Apenas ofertando-os, receberemos. Porém, não se pode dar o que não se tem. Mesmo o Amor precisa ser edificado em vossos corações, de forma que vossas palavras, vossas ações, vossas correlações, sejam emanadas com Verdade.

E é isso que Jesus nos fala. Sempre e sempre. Como ouvir e absorver seus ensinamentos se os corações estão trancados? Apenas por esta porta podem ser absorvidas Suas lições! A porta da mente é larga, porém limitada para a amplidão de tão grandes sentimentos. Somente pelas portas do coração podem ser absorvidos os Seus ensinamentos que lhes darão segurança e liberdade, conforto e serenidade, pacificação e tolerância.

Paz! Que a Paz reine entre vós! Em seus estudos doutrinários, ouçam com o coração aberto e a mente atenta. Em seus trabalhos mediúnicos, laborem com a Vontade firme em comunhão com a Mente e o Coração, como bons irmãos que se complementam na jornada de edificação da individualidade. Sejam bons! Bons! Bons! Não mascarem críticas ácidas com falsa bondade. Seu irmão, seu colega, seu amigo, é tão falho quanto tu mesmo. Que galardão moral possuem vós para julgar e condenar quem quer que seja? Mormente os que estão aí, ao vosso lado, para guiá-los com exatidão, com competência e com amor incompreendido!


Que Jesus tenha piedade de todos vós! De todos vós!

Perdoem-me a sinceridade, mas tão maus são ainda os corações de alguns médiuns em nossa Seara! Como podem permanecer com tanta maldade, depois de tantos ensinamentos, de tanta bondade e amor ofertados a vocês? Como podem ainda serem tão maus, tão ingratos, tão injustos, tão indignos? Pai, como podem?! Fico triste, extremamente triste, cada vez que recolho um pensamento indigno, uma fala maldosa a respeito de um irmão que lhes quer tão bem! Revivo hoje, no convívio com alguns importantes grupos mediúnicos os quais auxilio, a mesma tristeza que senti ao conviver no guiamento de Meu Mestre. Como podem ser tão cegos, tão imaturos? Como podem lançar à lama tão abençoada oportunidade de regeneração? Como podem?!! Infelizmente, vejo-os hoje repetindo as mesmas atitudes que outrora muitos de vós, encarnados naquela época, possuíram frente à figura do Mestre, quando o tinham como louco, sádico, bruxo, mendigo, fanático, lascivo. Quanta injustiça pode ainda caber no coração de cada um de vós?! Coloquem as mãos em vossas consciências, sintam o seu peso! Já não basta??! Quanto mais terão que sofrer até que aprendam? Pergunto-vos novamente: já não basta?! Já não basta?! Quantas oportunidades mais dispensarão para que atinjam vossa salvação?

Filhos, acordem!!! Acordem! Por Deus, despertem! Observem-se no espelho da Verdade! Observem quanto sujeira, quantas impurezas ainda trazem e continuam lançando sobre os demais! Sim, é mais fácil apagar a Luz lançando-lhe lama, porque a Luz que vem de fora projeta vossas sombras! E vossa sombra é o monstro que se recusam a enxergar! Não querem enxergar vossa monstruosidade, mas ela é clara, se irradia escancaradamente de vossas palavras e ações! Cada pensamento, cada palavra, cada atitude menos digna revela vossa perversidade e monstruosidade que permanecem incólumes por detrás da máscara de “bonzinhos”. Retirem vossas máscaras! Não vos peço santificação absoluta e imediata! Não, isso não é possível! Peço-lhes esforço fidedigno. Peço-lhes abertura de vossos corações. Peço-lhes mudanças verdadeiras. Definitivamente, parem de se lamuriar! Tendes muito menos sofrimento nesta vida do que realmente merecem! Agradeçam e agradeçam sempre, porque Deus enxerga em vós, ingratos e injustos, algo que eu, ainda em minha ignorância - apesar de muito mais evoluído que vós - não consigo enxergar! Desculpem-me! Desculpem minha sinceridade! Perdoem-me novamente! Perdoe Pai, minha ignorância e meu desabafo, mas não posso mais calar-me, e acho mesmo que não devo. No entanto, confio tanto em Deus que permaneço leal e amoroso, amigo e companheiro, no convívio com muitos de vós, que no meu pequeno entender, não merecem minha companhia, meu esforço, minha dedicação e meu amparo. Mas, reconheço que além e acima de mim estão os mais sábios, e submeto-me à Vontade Maior, humilhando-me e servindo-os, sempre e sempre. Sou grato por este momento de aprendizado único! Sou grato a vós, por me ajudarem a lapidar minhas dificuldades. Obrigado!

Apenas peço ao Pai que os ajudem! Como precisam de ajuda! Como precisam! Espero que, ao menos desta vez, em que vosso orbe atravessa o momento derradeiro de mudança e ascensão, na figura de medianeiros, possam agarrar com força a nova oportunidade que obtiveram, reerguendo-vos novamente à Luz. Reergam-se! Calem o mal de vossos corações com todo o bem que possam ofertar! Abram os ouvidos do coração às sabias lições que vos são ofertadas! Esforcem-se! Doem-se, doem-se!

Pelo Amor de Jesus, despeço-me de todos vós.

Do espírito amigo e protetor.

Josué

Nova Friburgo, 22 de Abril de 2011"
Pelo Espírito: Josué
Médium: Cristina Lessa Cereja (Fundadora e Diretora da Casa de Assistência Mãos de Luz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário