Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

terça-feira, 10 de maio de 2011

Cidadão do Universo

Entre o certo e errado,
Vivi em grande confusão.
Vislumbrando uma certeza
Logo a dúvida me dava a mão.
Perseguindo a verdade
A falsidade encontrei,
Duvidando e buscando
Por tudo indaguei.

Das verdades de muitos
A duvidar, aprendi
As certezas de outros
Com reservas, admiti.
Só encontrei a verdade
Na beleza e no amor
Quando vi a justiça de Deus
Na alegria e na dor.

Nesse meu caminhar
Nunca estive sozinho
Os rios, cascatas, as flores
Que encontrei no caminho
Me falavam da vida
E cantavam pra alguém
Fauna e flora aplaudiam também.

Em toda a natureza
Uma sinfonia de vida.
No meu peito vibrava
Uma energia incontida.
Era uma linda canção
Um hino de amor
Que agora, percebo,
Louvava o Senhor.

Agora eu sei, a Luz existe
Não há como negar
E até mesmo a escuridão
Que me soube apavorar,
Nada pode, é ineficaz
Não mais que pura ilusão.
Já um farol da luz eterna
Brilha no meu coração.

Encontrei o caminho
Seguindo essa luz
Luz do amor e da verdade
Que nos trouxe Jesus.
Com vigor, na jornada,
No coração levo impresso:
Sou um filho de Deus,
Cidadão do Universo.




.-.-.-.-.-.-.-.


Nenhum comentário:

Postar um comentário