Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

O REAL E O IMAGINÁRIO


NÃO IMPORTA SE É REAL OU IMAGINÁRIO!

A nossa mente não diferencia entre o real e o imaginário quando analisa os dados e pensamentos que nela chegam. As lágrimas chegarão aos seus olhos por algo triste que você está vendo ou por algo triste que você está lembrando. Também virão lágrimas iguais por algo alegre que você está vivendo ou por algo alegre que você está lembrando com muita saudade.

Pesquisas foram feitas na área da Neurologia e comprovaram que as mesmas áreas do cérebro são ativadas com um fato triste que ocorre ou com a lembrança daquele fato, posteriormente, ou diante de  um fato similar que se impôs à mente, de forma direcionada. 

O PENSAMENTO CRIA A REALIDADE!

Cria-se amor e felicidade com o simples ato de pensar. Da mesma forma, a raiva e o ressentimento podem ser criados com a mesma força do pensamento.

Quando estamos diante de uma obra de ficção que nos toca os sentimentos, em nós afloram sentimentos verdadeiros por aqueles fatos que nem são reais. Amamos ou odiamos o que estamos lendo ou vendo, como se realidade fosse. 

Se lembramos de alguém com realce para os seus defeitos e vícios, criamos uma atmosfera de rejeição e, se esta pessoa chegasse nesse momento, certamente seria recebida como indesejada ou sua presença seria rejeitada, isto sem nem sequer cogitar que tal pessoa traz a melhor das intenções ou veio nos dar uma boa notícia. A mesma pessoa seria recebida numa atmosfera de muito carinho, se estivéssemos pensando em suas qualidades e virtudes.

Quando pensamos em uma pessoa, estamos enviando para ela os fluídos dos nossos sentimentos daquele momento. A aura daquela pessoa será bombardeada com as energias correspondentes ao teor do nosso pensamento. Se pensamos com alegria ou fazemos uma prece pedindo bênçãos para ela, a aura dessa pessoa estará sendo iluminada com energias de amor, se pensamos com rancor e ressentimento, também a aura dela estará recebendo energias escuras de igual teor, inclusive, atraindo-as de outros portadores dedicados ao mal.

Está claro que as pessoas têm as suas defesas e não estão, exatamente, à mercê de pensamentos alheios que as possam prejudicar, entretanto, nem todos cultivam as defesas necessárias e podem ser atingidas desfavoravelmente. 

Também sabemos que recebemos de volta as energias que criamos.  Ao projetar energias sobre outras pessoas também estaremos recebendo essas mesmas cotas de energias.  Assim, nunca poderemos atrair boas energias para nós se atiramos más energias para os outros.

Assim, até ficam mais claros o ensinamentos de Jesus:"AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS E PERDOAI AOS QUE VOS PERSEGUEM"



-.-.-.-.-.-.-.



Nenhum comentário:

Postar um comentário