Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

A TRINDADE UNIVERSAL



O Espiritismo foi apresentado ao mundo em 1857 como um conjunto de revelações espirituais. No entanto, sequer foi cogitado como uma nova religião. o que, de fato, não é. Resultou de estudo e pesquisa voltado ao interesse filosófico de lançar luzes sobre a origem e o destino da alma humana. 

Posto que não é religião, não cabe ao Espiritismo aprovar ou desaprovar os dogmas e artigos de fé dos Sistemas Religiosos da humanidade. Entretanto, suas verdades e lógica, podem conflitar com a pregação ou o interesse das demais religiões, pelo fato mesmo de suas revelações incidirem sobre a vida do Espírito antes do nascimento do ser humano e após a sua morte física.

Eis um exemplo: A doutrina espírita não faz referência à trindade divina como representativa do Deus. Não o faz, primeiro, porque no ensino dos Espíritos não há afirmação a respeito e, segundo, porque o Mestre Nazareno nunca afirmou ser Deus. 

Jesus disse, inúmeras vezes, que vinha de Deus e que era um com Deus, mas sempre enfatizou que era um Enviado do Pai. Deixa isso mais claro quando não permitiu ser chamado de "Bom", acrescentando que bom era apenas Deus. Também não referiu que o Espírito Santo seria Deus: Disse que o Espírito da Verdade viria de Deus, ou seja, que o Pai o enviaria para restaurar os ensinamentos e revelar a verdade.

A noção do Deus Único, criador de todas as coisas, é parte da tradição humano-judaica e foi ratificada com os eventos das vidas de Abraão e Moisés, narrados no texto bíblico. Coube ao Apóstolo Paulo lançar os fundamentos que levariam à adoção do Deus Trino entre os cristãos. 

No conteúdo da Doutrina Espírita, Deus é único, Jesus é o Espírito de Maior Evolução de que se tem conhecimento e o Espírito Santo seria a Comunidade dos Espíritos Puros que já estão junto a Deus, os quais servem aos propósitos de Deus na Criação de todo o Universo.

Diante do ensinamento dos Espíritos, que o levavam a uma conclusão, Allan Kardec pergunta aos Espíritos que o monitoravam nos trabalhos da Codificação:

Pergunta: 

"Haveria assim dois elementos gerais do Universo, a matéria e o Espírito?"

Resposta: 

“Sim, e acima de tudo Deus, o criador, o pai de todas as coisas; essas três são o princípio de tudo o que existe, a trindade universal”.


DEUS - ESPÍRITO - MATÉRIA.


.-.-.-.-.-.-.-.


2 comentários:

  1. Tudo começa a fazer sentido...
    Olhos de ver e ouvidos de ouvir.
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O difícil Eduardo é nos libertarmos de ensinamentos arcaicos que nos impuseram uma verdadeira lavagem cerebral. Pensar por nós mesmos acaba sendo um "parto" doloroso, mas muito compensador.

      Excluir