Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Cada Novo Dia, Uma Bênção!


Considero cada novo dia uma bênção.


Agradeço a Deus pela vida, pela saúde, pela família e pelos bens que posso usufruir e que trazem facilidade para o meu viver.

Acho muito bom viver cada dia como se fosse o último dia da existência física porque assim utilizo melhor o tempo e as oportunidades de construir amor e paz ao meu redor. Encontro tempo para pedir a Luz Divina sobre mim e sobre os meus ambientes.

Alguns podem achar que esse é um pensamento macabro, mas eu o considero apenas como um modo realista de viver, que me orienta a dar valor ao que merece valor e a não dar relevância aos pequenos incidentes do dia a dia.

Se fosse hoje o meu último dia queria estar onde estou e fazer o que estou fazendo. É claro que digo isso por que estou em minha casa e entre os meus familiares, mas só posso falar sobre a minha realidade e a minha realidade é que estou feliz.

Um de meus defeitos de toda a vida foi cultivar uma ansiedade extrema por tudo que precisa ser realizado. Mas, ainda assim, sempre cultivei a velha filosofia de que “o que não tem solução já está solucionado”. Nunca carreguei problemas pela vida. O que não pude resolver deixei a Deus e ao tempo a solução.

Sempre cultivei o meu lado religioso, sem fanatismo e sem extremismo. Aprecio as religiões e fui adepto de algumas, todavia, a minha fé e a minha busca do espiritual só encontraram calma e solidez no Espiritismo. Enfim, as respostas...

Aprecio uma religião em que o medo e a culpa não constituem método coercitivo e nem a busca ao dinheiro dos fiéis uma prioridade.

Até por isso cultivo este blog. Quero dizer a todos que a fé é o maior tesouro a ser almejado e que a morte é mera ilusão: A vida é permanente e sem fim! A felicidade é o destino final de todas as almas.

Graças a Deus.


.-.-.-.-.-.-.-.

Um comentário:

  1. "Medo e culpa": embora saiba que não existe uma única verdade, é muito difícil desvencilhar dos que nos foi imposto durante toda uma vida. Hoje vejo com outros olhos, questiono, tendo me libertar, mas é difícil...
    O seu texto deu luz às minhas indagações.
    Quanto à fé, ela é inabalável!

    ResponderExcluir