Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Quem Paga Mal, Paga Duas Vezes

Deus não pune as almas com o sofrimento e nem promove injustiças.

O sofrimento que insiste em sombrear a nossa vida representa a mesma dor que já causamos a alguém. Nas muitas vidas - em algum lugar do passado - está a causa e a razão do que sofremos hoje.


Aceitar o sofrimento atual é o mesmo que aceitar o remédio amargo que vai curar a enfermidade. Não há proveito na rebeldia e nem de nada adianta chorar e lamentar quando nos alcança a justiça e a cobrança dos nossos débitos.


Não há lógica em culpar a Deus ou ao destino. 

Somos mestres em achar culpados para os nossos infortúnios, ora culpamos nossos pais, ora os amigos e ora os inimigos, entretanto, a nossa felicidade ou infelicidade é o resultado direto das escolhas que fizemos em momentos anteriores de nossas existências.

Compreender e aceitar o sofrimento é a única forma de quitar os débitos contraídos perante a Lei da Ação e Reação. Cada prova refutada retornará em  nova dor, em novo sofrimento, numa nova existência. 

Quem paga mal, paga duas vezes, ou mais.


O sofrimento nos sinaliza de que somos culpados por algo que fizemos e que precisamos reparar. Convém perdoar e pedir perdão pelos fatos que deram origem à dor, estejam em que lugar do passado estiverem.


A ajuda de Deus está sempre ao alcance para aliviar o sofrimento se juntos se apresentam o arrependimento e o perdão.


Perdoar-se, dar o perdão e pedir o perdão.

Essa é a questão.


.-.-.-.-.-.-.-.



Um comentário:

  1. A dor meu irmão, é uma benção que Deus nos dá para nos conhecermos, conhecer os outros e assim evoluirmos. Como é bom encontrar mensagens assim, cheias de paz, de razão e do Amor e justiça divina por nós. Nada é em vão muito menos a dor. "Todo esforço é válido para difundir a nossa querida doutrina espírita." sábias palavras, belas palavras ! Continuemos assim, perseveremos sempre é a nossa maior caridade para com a doutrina: divulgá-la. Fique a vontade sempre e sempre no meu blogger.
    Abraço fraterno!

    ResponderExcluir