Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

VIDA CÁ, VIDA LÁ - Poesia do gênero Cordel


VIDA CÁ VIDA LÁ
 
Tudo vai ficar mais simples
Quando se compreender
Que passamos por estágios
Não há nascer nem morrer

          Por cada estágio ultrapassado
          Vai haver transformação
          Conhecimento se adquire
          E segue em frente à evolução

Ao decidir encarnar
E se houver a permissão
Ao embrião vai se ligar
Em delicada operação

          O perispírito é reduzido
          Ao tamanho do embrião
          Molécula a outra se liga
          Desde a concepção

Um bebê então seremos
E por criança vamos passar
A fase adulta atingiremos
E na velhice vamos chegar

          Esta velhice vem do corpo
          Que não vai mais agüentar
          Mais um passo então daremos
          E o corpo vamos deixar

Abandonamos então o corpo
E a outro plano regressar
E novamente como espírito
Em outra dimensão habitar

          Não paramos de crescer
          Seja cá, ou seja lá
          Não existe o morrer
          Há vida cá e vida lá

Medo da morte não tenha
Pois é apenas transformação
O espírito vai sobreviver
Em cada desencarnação

          Muitas vidas já vivemos
          Em outras tantas vamos estar
          Quando encarnados até sentimos
          Espíritos amigos a nos rondar

Anjos da guarda, sim, existem
E estão a nos guardar
São espíritos que nos velam
Seguem o nosso despertar

          Finda aquela encarnação
          É hora de regressar
          Como espírito, agora vamos
          Outra função desempenhar
 
Do outro lado não se fica
Só descansando a contemplar
Cada um tem sua função
Vai estudar e trabalhar

          A Deus um dia chegar
          É meta da evolução
          Como espírito se evolui
          Também na reencarnação

São níveis mui diferentes
Para nosso aprendizado
Sofrer na carne e sentir dor
É pra quem está encarnado

          Como espírito lá se vive
          Período de renovação
          Vai de novo ali viver
          Até a outra encarnação

Desenvolver inteligência
E moralmente se elevar
Ter equilíbrio e paciência
Até de novo encarnar

          Não é exclusivo da terra
          O fenômeno da encarnação
          Na Casa de meu Pai
          Há muitas moradas
          Disse Jesus num sermão

Progresso moral é mister
Além de muita elevação
Para ascender a outro mundo
Numa outra encarnação

          Conhecer mais e progredir
          Em cada nova encarnação
          Outros mundos, nova escola
          São degraus na ascensão

Além da vida e da morte
Foi de Deus a criação
Presenteando seus filhos
Deus nos deu intuição
E um dia lá chegaremos
Na grande celebração!!!

          E A VIDA CONTINUA...
              DEPOIS DE CÁ É A VEZ DE LÁ
                  E ALGUM TEMPO DEPOIS...
                       PARA CÁ VAMOS VOLTAR
                            E QUEM PROCURAR PELO FIM...
                                 O FIM NÃO VAI ENCONTRAR
                                      POIS VIVOS SEMPRE ESTAREMOS...
                                           ESTANDO LÁ OU ESTANDO CÁ

                                             FIM
                    (Ah, como fim não existe, até a próxima!)


                                                                               E...
                                                                       E quem sabe do outro lado
                                                                 Vamos nos reencontrar
                                                            Recantistas reunidos
                                                       Depois de desencarnar
                                                  Escrevendo e produzindo
                                             Ao espírito alimentar
                                        Para vir já bem melhor
                                   Quando for reencarnar!

____________________________________________________________

O autor é Médico Oftalmologista
Acesse: www.levimadeira.com.br
Site do Escritor: www.levimadeira.recantodasletras.com.br

Convido-te a ler meus outros poemas em cordel e deixar seus comentários se desejar!
Um abraço,
Levi

Um comentário:

  1. Obrigado ao Dr. Levi Madeira por permitir a publicação de parte da sua obra aqui no espaço deste Blog.
    Vida produtiva é isso! Além de excelente médico oftalmologista, um poeta vibrante do Cordel Brasileiro.
    Abraço.

    ResponderExcluir