Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

sábado, 1 de outubro de 2011

O Trabalho Espírita


Os Espíritos não ficam à mercê de nossos caprichos e vontades. Quando marcamos uma reunião não o estamos fazendo apenas com os nossos irmãos encarnados, estamos marcando um trabalho sério com os Guias e Mentores Espirituais. Todo trabalho espírita deve ter local, horário e método. Quanto mais organizado o grupo melhores serão os resultados obtidos.

Precisamos atuar com seriedade e responsabilidade diante dos compromissos assumidos. Precisamos executar com amor as tarefas que nos foram competidas, sem julgar que sejam de maior ou de menor expressão naquele contexto. São sagrados também os horários convencionados. Uma reunião deve iniciar no horário previsto.

O intercâmbio com o Plano Espiritual é algo muito sério e importante. Nossos irmãos espirituais concordam em trazer-nos a sua caridade e, nessa tarefa, empregam o seu tempo, a sua experiência e, sobretudo, requerem toda uma organização logística de meios, de purificação de energias e de organização das defesas do ambiente. Nós não fazemos ideia de quantos recursos espirituais estão mobilizados para as nossas reuniões. Há trabalhadores espirituais que ali comparecem com bastante antecedência para realizar tarefas imprescindíveis aos bons resultados pretendidos.

Num dos livros de André Luís sobre os trabalhos mediúnicos está mencionado que, numa reunião onde havia uma dezena de encarnados, estavam presentes cerca de 130 entidades espirituais, entre trabalhadores e assistidos.

Um trabalho desorganizado corre sério risco de receber assistência de "irmãos espirituais" de pouca seriedade, sem compromisso com as verdades ensinadas por Jesus.

Entretanto, simplicidade - do culto e do local - não exclui a imprescindível ajuda espiritual. Os “mentores” sabem identificar as condições necessárias para desenvolver o trabalho, quando conta mais a fé dos que se reúnem e a qualidade das energias do ambiente.

O Espiritismo é fonte inesgotável de conforto para a alma. Nele a fé se encontra com a própria realidade espiritual. Pode-se sentir a presença dos anjos de Deus e, não raro, deixamos com eles todo o peso dos nossos problemas e preocupações. Para usar uma expressão mais corriqueira: De uma reunião espírita, quase sempre, saímos de "alma lavada".

É um grande privilégio ser Espírita!


.-.-.-.-.-.-.-.

Nenhum comentário:

Postar um comentário