Quem sou eu

Minha foto
Eusébio, CE, Brazil
Espírita - Brasil

terça-feira, 23 de julho de 2013

CONQUISTA PELA FORÇA!



As religiões repousaram os seus fundamentos sobre o medo e a culpa, valendo-se do desconhecimento humano sobre a vida depois da morte física.  Seus fiéis não anseiam pela vida ao lado de Jesus, mas temem ao inferno terrível com todas as suas forças.

A força do bem já não imanta a ninguém, mas o medo do mal apavora os "fiéis".

Por isso o Espiritismo é libertador. 

Eis que desvendou o caminho da alma após o túmulo terrestre. Abriu as portas da eternidade de todas as almas. Mostrou o destino de amor para que fomos criados.

Libertou o ser humano dos medos infantis, inculcados pelas religiões, e o colocou diante da responsabilidade do próprio progresso.  O direito à felicidade não mais resulta de benesses concedidas e passa a ser o premio de uma conquista individual, resultado da colheita da própria semeadura.

O Espiritismo apresenta um "CÉU" a ser conquistado pela força de requisitos individuais:

  • a força da reforma íntima;
  • a força da boa índole;
  • a força do caráter e da integridade;
  • a força da resistência aos apelos do mal;
  • a força de resistir aos vícios nocivos que causam danos;
  • a força de permanecer na senda do bem;
  • a força de perdoar as ofensas e de não pagar o o mal com o mal;
  • a força da coragem de socorrer ao próximo;
  • a força de produzir palavras construtivas que confortam consolam;
  • a força de aceitar que cada um evolui ao seu tempo e modo;
  • a força de resgatar, com resignação, o mal que possa ter causado;
  • a força de compreender o propósito da alma de aprender e evoluir;
  • a força de aceitar a Deus como o Pai que não condena e nem abandona;
  • a força de amar a Deus sobre todas as coisas.


Não basta o perdão das faltas. É preciso resgatar o dano causado e construir a nova realidade individual, compatível com o "céu" que se pretende habitar.



.-.-.-.-.-.-.-.



Nenhum comentário:

Postar um comentário